PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo planeja dispensas e renovações para 2020

Rodrigo Pimpão deve ser dispensado do clube  - Josemar Gonçalves/Tripé Imagem/Estadão Conteúdo
Rodrigo Pimpão deve ser dispensado do clube Imagem: Josemar Gonçalves/Tripé Imagem/Estadão Conteúdo

11/12/2019 08h30

A empolgação da torcida do Botafogo cresce a cada avanço do clube rumo à mudança de gestão do futebol para o modelo clube-empresa. A euforia, no entanto, não se reflete na cúpula do futebol do clube. Membro do recém-criado Comitê de Transição, o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro colocou um pé no freio nos planos grandiosos para 2020. Até a chegada dos investidores, a ordem é contenção de gastos e cautela, devido a crise financeira instalada em General Severiano. No planejamento, alguns nomes estão próximos de deixar o clube e algumas poucas peças chaves no elenco devem ter o vínculo renovado.

Em entrevista à Rádio Brasil, na última terça-feira, o presidente campeão brasileiro em 1995 afirmou que atletas que têm o contrato com prazo final no dia 31 de dezembro deste ano não vão permanecer no clube. As exceções são o goleiro Diego Cavalieri, que correspondeu nas ausências do titular Gatito e o atacante Lucas Campos, promessa da base. Na lista de dispensas estão Rodrigo Pimpão, Gilson, Arnaldo, Alan Santos (emprestado pelo Tigres, do México), Fernandes, Jean (emprestado pelo Corinthians), Yuri, Renan Gorne, Pachu e Amilcar.

As situações mais complexas são as do atacante Diego Souza e a do meia Cícero. Segundo Montenegro, os dois representam um "peso" nas combalidas contas do clube, em razão dos altos salários. O Botafogo ainda vai sentar com os dois para negociar uma possível redução dos vencimentos para tentar manter a dupla.

"Diego Souza e Cícero nos ajudaram, foram importantes e decisivos em algumas partidas. Ambos têm os contratos terminando agora em dezembro. Até por uma economia em função do que estamos fazendo, achamos que não teríamos condições de ficar com eles. Os dois seriam muito pesados para a gente nesse momento.Gostaria de conversar com eles para a gente encontrar uma forma que agrade ambas as partes em relação ao futuro", disse o dirigente.

Destaques de 2019 podem sair

A diretoria alvinegra também trabalha para manter o zagueiro Gabriel. O jogador de 24 anos foi emprestado pelo Atlético-MG por duas temporadas, mas uma cláusula contratual permite que o Galo solicite o retorno do atleta. Um dos destaques da equipe, apesar do ano irregular , tornou-se referência na zaga e um dos líderes do elenco. Ele já manifestou o desejo de permanecer e o Glorioso estuda envolver outros jogadores do plantel nas negociações.

"Pode ter conversa, nós temos um trunfo que é muito bom: o Gabriel. Ele adora o Botafogo, quer ficar, se identificou, é um jogador fora de série. Todos o querem no Botafogo, e ele é grato a isso. Tentaremos de várias formas para ele ficar, se não tiver proposta de fora, a gente vai fazer o possível. É fato que o Atlético-MG já pediu de volta oficialmente, mandou uma carta, mas é fato que ele não está feliz (em voltar)", afirmou Montenegro.

Outro destaque da equipe também pode não vestir a camisa do Botafogo em 2020, depois de três temporadas em General Severiano. O meia João Paulo despertou o interesse de um clube dos Estados Unidos, cujo nome foi mantido em sigilo e do Besiktas, da Turquia e as conversas avançaram. Segundo o empresário do atleta, o Botafogo já negocia valores da transação e está prestes a receber as propostas oficiais pelo jogador de 28 anos.

Botafogo