PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio visita Guaraní pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

25/11/2020 20h00

Após uma sequência de bons resultados no Brasileirão e Copa do Brasil, o Grêmio tenta manter a fase positiva disputando as oitavas de final da Libertadores. Na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), o Tricolor visita o Guaraní no Paraguai pelo jogo de ida.

A equipe de Renato Portaluppi não sabe o que é perder desde o dia 11 de outubro, quando foi superada pelo Santos na Vila Belmiro por 2 a 1. Após o duelo com o Peixe, foram 12 jogos, somando nove vitórias e três empates.

Apesar da série positiva, o Grêmio recebeu críticas de torcedores no jogo do último domingo, quando empatou em 0 a 0 com o Corinthians no Brasileirão. O Alvinegro chegou a ter dois jogadores a menos e ainda assim os gaúchos não conseguiram balançar as redes.

Agora, a expectativa é de voltar a mostrar um bom desempenho em campo e manter a série invicta. Para isso, Renato Portaluppi deve escalar com força máxima, exceto por Kannemann, que cumpre suspensão. A tendência é que David Braz ocupe a vaga do argentino.

Do lado do Guaraní, o momento não é dos melhores. A equipe está no meio da tabela do Campeonato Paraguaio e chega para o jogo após uma derrota para o 12 de Octobre.

Após o duelo de quinta-feira, as equipes voltam a se enfrentar no dia três de dezembro, na Arena do Grêmio. Quem se classificar enfrenta o vencedor de Santos e LDU.

FICHA TÉCNICA:

GUARANÍ X GRÊMIO

Local: Defensores del Chaco, Assunção (Paraguai)

Data: 26 de novembro de 2020, quinta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Guillermo Guerrero (Equador)

Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero (Equador)

VAR: Daniel Fedorczuk (Uruguai)

GUARANÍ: Servio; Tripichio, Romaña, Báez e Guillermo Benítez (Miguel Benítez); Morel, Florentin e Cedres (Redes); Dominguez, Merlini e Bobadilla (Fernández)

Técnico: Gustavo Costas

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz (Orejuela), Geromel, David Braz e Diogo Barbosa (Cortez); Darlan, Matheus Henrique, Luiz Fernando, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza.

Técnico: Renato Portaluppi

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol