Capitão em Copa e companheiro de Pelé e Cruyff: quem foi Marinho Peres

Morreu ontem (18) o ex-zagueiro e treinador Marinho Peres, aos 76 anos. Ele estava internado em um hospital em Sorocaba (SP), com pneumonia e complicações cardíacas e renais.

Marinho Peres como jogador

Nascido em Sorocaba, Marinho Peres começou sua carreira como jogador no São Bento, clube da cidade. Depois, ele se transferiu para a Portuguesa.

Após alguns anos de destaque na Lusa, o zagueiro foi contratado pelo Santos e jogou junto com Pelé no clube.

Foi atuando pelo Peixe que ele foi convocado para defender e ser o capitão da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1974, quando o Brasil foi o quarto colocado.

Após o Mundial, ele passou a jogar pelo Barcelona, mas teve que 'fugir' da Espanha. Ele tinha dupla nacionalidade e, por isso, era obrigado a cumprir o serviço militar, algo que não fez.

Na volta ao Brasil, Marinho foi titular do elenco do Internacional que conquistou o título brasileiro de 1976. Depois, ainda passou por Palmeiras, América-RJ e Galícia-BA. Ele se aposentou em 1981.

Carreira como treinador

Logo após se aposentar da carreira como jogador, Marinho iniciou sua trajetória como técnico no América-RJ. Ele ainda treinou Santos, Botafogo, União São João, Juventude e Paysandu em solo brasileiro.

Em Portugal, Marinho comandou Marítimo, Vitória de Guimarães, Sporting e Belenenses SAD [este em quatro passagens e que foi seu último clube].

Continua após a publicidade

O ex-zagueiro também treinou o Aviação, de Angola, e teve uma passagem pela seleção de El Salvador.

Uma das 'descobertas' de Marinho Peres como técnico foi Luís Figo, português eleito o melhor jogador do mundo em 2001. Ele promoveu a ida do jogador ao elenco principal do Sporting durante seu período no clube.

Problemas de saúde recentes

Em 2019, Marinho Peres sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). Desde então, a saúde do ex-jogador passou a inspirar mais cuidados. No ano seguinte, ele chegou a ser internado na UTI de um hospital em Sorocaba com problemas respiratórios.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora