PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Hulk revela que está jogando com dores no pé para ajudar o Atlético-MG

Hulk toca a bola por cima de Diego Alves para fazer o primeiro gol do Atlético-MG sobre o Flamengo, na Copa do Brasil - Pedro Souza/Atlético-MG
Hulk toca a bola por cima de Diego Alves para fazer o primeiro gol do Atlético-MG sobre o Flamengo, na Copa do Brasil Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

23/06/2022 00h32

Classificação e Jogos

Até vencer o Flamengo duas vezes seguidas, primeiro pelo Campeonato Brasileiro e nesta quarta-feira pela Copa do Brasil, por 2 a 1, o Atlético-MG vivia um momento de muita pressão, com quatro partidas sem triunfos e o técnico Turco Mohamed ameaçado no cargo. A situação poderia até ser pior, afinal o atacante Hulk revelou que está jogando no sacrifício há quase 20 dias.

Durante entrevista na zona mista, depois do triunfo por 2 a 1 sobre o Flamengo, no Mineirão, pelas oitavas de final, o jogador que foi o melhor em campo revelou que está com dores em um dos pés, sem dizem em qual deles é a dor.

"Na verdade eu tenho essa dor que me incomoda desde o jogo contra o Palmeiras. O campo era sintético, duro. E depois num jogo contra o Ceará, no Castelão, estava muito duro. Eu tive uma inflamação embaixo, na sola do pé, na gordura do pé ali embaixo e vem doendo bastante, venho sofrendo muito. Mas tenho que superar isso para poder dar o nosso melhor e sair com a vitória", contou o camisa 7 do Galo, que apesar das dores não fala em ficar fora das partidas.

"É uma dorzinha chata bem na hora que a gente pisa, embaixo das travas da chuteira. Mas agora é recuperar bem para ficar bem para o próximo jogo".

A próxima partida do Atlético é contra o Fortaleza, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado, às 21h, no Mineirão. Como na sequência o Galo tem jogo com o Emelec, pela Libertadores, a tendência é que o técnico Turco Mohamed preserve alguns titulares no final de semana.

Sobre a vitória na Copa do Brasil, Hulk comemorou a vantagem que o Atlético abriu sobre o Flamengo. Com o triunfo por 2 a 1, o Galo pode empatar o jogo da volta que estará classificado às quartas de final do torneio.

"A gente está ciente que é vantagem mínima. É um jogo de 180 minutos, e nos primeiros 90 fomos felizes, estava 2 a 0, infelizmente tomamos um gol ali. Se fosse 2 a 0 ia ser bem melhor. Mas seguimos bem, seguimos focados para o jogo de volta entrar focado. Se entrar com a mesma vontade eu tenho certeza que vamos sair com a classificação", finalizou Hulk.

O duelo da volta entre Atlético e Flamengo está marcado para o dia 13 de julho, no Maracanã.

Atlético-MG