PUBLICIDADE
Topo

Liga das Nações - 2022/2023

Inglaterra e Itália desperdiçam chances e ficam em 0 a 0 na Liga das Nações

Itália e Inglaterra se enfrentaram hoje em jogo válido pela Liga das Nações - Eddie Keogh - The FA/The FA via Getty Images
Itália e Inglaterra se enfrentaram hoje em jogo válido pela Liga das Nações Imagem: Eddie Keogh - The FA/The FA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

11/06/2022 17h35

Classificação e Jogos

Inglaterra e Itália se enfrentaram no estádio Molineux, do Wolverhampton, pela terceira rodada da Liga das Nações e não saíram do 0 a 0. O jogo foi marcado por chances desperdiçadas por ambos os times.

Na rodada anterior, os ingleses empataram com a Alemanha por 1 a 1, enquanto os italianos venceram em casa a Hungria por 2 a 1. Na próxima rodada, a Inglaterra encara os húngaros, em casa, e a Itália visita os alemães. Ambos os jogos serão no dia 14 de junho.

O resultado deixa a situação dos ingleses bem complicada, já que continuam sem vencer na competição, com dois empates e uma derrota, ocupando a lanterna do grupo 3. Já os italianos lideram com cinco pontos.

Pressão dos ingleses

O jogo começou com a Inglaterra pressionando e quase abrindo o placar. Foram duas boas chances nos minutos iniciais, com Mount e Abraham, e aos oito minutos, o meia do Chelsea teve nova chance, desta vez acertando a bola no travessão do goleiro Donnarumma.

Chance desperdiçada

Aos 24 minutos, a Itália respondeu e ficou muito perto de abrir o marcador. O volante Tonali aproveitou cruzamento rasteiro pela direita e só não fez o gol porque Ramsdale salvou no momento certo com os pés.

Ramsdale de novo

O goleiro da Inglaterra estava em um dia inspirado e, novamente, foi fundamental para deixar o placar zerado. Aos 43 minutos, Pessina fez bonita jogada individual e o chutou forte foi defendido com precisão pelo arqueiro adversário.

Sterling desperdiça

O jogo foi repleto de chances desperdiçadas e, aos seis minutos do segundo tempo, isso aconteceu novamente. Reece James cruzou com precisão e Sterling, com boas chances de marcar, perdeu o gol.

Ritmo menor

Depois dos quinze minutos do segundo tempo a partida perdeu intensidade e foram poucas as chances claras de gol. Nos minutos finais a Itália pressionou, mas sem perigo para a meta defendida por Ramsdale.