PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão detona omissão da diretoria do Flamengo: 'virou terra de ninguém'

Colaboração para o UOL, do Recife

20/05/2022 16h25

Classificação e Jogos

O Flamengo está em ebulição. Quando parecia que a vitória por 3 a 0 sobre a Universidad Católica, pela Libertadores, traria alguns dias de paz para o Ninho do Urubu, o técnico Paulo Sousa e o goleiro Diego Alves entraram em conflito e a crise rubro-negra ganhou mais um capítulo. Ontem, as partes se reuniram com a diretoria no clube, mas não houve resolução. A expectativa é que o técnico português fale sobre o caso após o jogo contra o Goiás, amanhã (21), no Maracanã.

Na Live do Danilo e do Vitão, transmitida pelo UOL Esporte toda segunda, quarta e sexta às 15h, os jornalistas Danilo Lavieri, Vitor Guedes e Letícia Marques debateram a crise sem fim no Flamengo. Questionado sobre quem tem a maior responsabilidade pela instabilidade no clube, Vitão não titubeou e detonou a diretoria rubro-negra. Para ele, o presidente Rodolfo Landim e companhia são omissos nos momentos de dificuldade e se comunicam mal com a torcida.

"Todo mundo tem um pouco de culpa, embora a diretoria seja a maior culpada porque é omissa, silenciosa e passa pano. O Flamengo está em crise, vai pegar um jogo fácil em casa contra o Goiás, uma chance de virar a página e seguir em frente, mas você marca uma coletiva depois do jogo para continuar a crise, é de uma estupidez inacreditável."

"É bizarra a gestão de crise do Flamengo, é um time de massa que não sabe se comunicar com a massa, a diretoria do Flamengo faz um trabalho péssimo. Nunca vi uma coisa tão ridícula como a nota do Landim, se o torcedor não puder vaiar o presidente, vamos todo mundo para casa. É um egocentrismo a diretoria do Flamengo, como ela é covarde, é um silêncio sepulcral. Landim sumiu, o Braz que é vereador sumiu, o Spindel ninguém sabe ninguém viu", acrescentou Vitão.

Na sexta passada, o Flamengo emitiu uma nota oficial repudiando as vaias e protestos contra o presidente Rodolfo Landim, alvo dos flamenguistas na partida contra o Altos-PI, pela Copa do Brasil. Além dele, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o executivo de futebol Bruno Spindel, pivô do atrito entre Paulo Sousa e Diego Alves, também vêm sendo criticados pelo silêncio nos momentos difíceis no clube.

"Virou terra de ninguém, não tem comunicação, o Flamengo fala com 40 milhões de pessoas, tem que ter uma comunicação centralizada. O presidente está no topo da hierarquia, mas é 'eu ganho e eles perdem' e não pode ser vaiado. Assim é fácil presidir o Flamengo, você tem vários bônus, na hora do ônus você desaparece", completou Vitão.

A próxima edição da Live do Danilo e do Vitão será na segunda (23). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

Futebol