PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Diego Alves não tem mais o que oferecer ao Flamengo

Do UOL, em São Paulo

20/05/2022 15h35

Envolvido em polêmica com o técnico Paulo Sousa e com poucas atuações na temporada devido às lesões, o goleiro Diego Alves passa por um período de baixa no Flamengo depois da participação importante nos títulos conquistados pelo clube em 2019 e 2020, além do início de 2021, quando teve participação importante na Supercopa do Brasil, mas seu ciclo no Flamengo parece estar encerrado na opinião de Mauro Cezar Pereira.

No podcast Posse de Bola #229, Mauro Cezar afirma que o jogador tecnicamente parece nã ter mais a oferecer ao Flamengo e não deveria permanecer no clube, independentemente da situação do técnico Paulo Sousa.

"Diego Alves tecnicamente pode até se recuperar em outro clube, dizem que ele tem proposta de outros clubes importantes, mas para mim está muito claro que no Flamengo ele não tem mais o que oferecer. O que ele tinha que oferecer era no ano passado, quando ele foi um goleiro comum e vivia machucado", diz Mauro Cezar.

"Independentemente do Paulo Sousa ficar ou ser demitido, o Flamengo pode tomar de 5 a 0 do Goiás, o Paulo Sousa ser demitido às 3h30 da manhã, o Rogério Ceni foi 3h da manhã, ele pode ser às 3h30, 4h da manhã, não importa o horário, o fato é que o Diego Alves ao Flamengo, me parece, não tem mais o que oferecer. Agora era a hora de ele jogar e ele está machucado de novo, então vai fazer o que? Como é que você vai contar com esse goleiro?", completa.

O colunista do UOL afirma que a história de conquistas de Diego Alves no Flamengo não será apagada com uma eventual saída, mas considera que esta seria a melhor resolução, citando o que fez o Palmeiras após o título da Libertadores, quando decidiu não permanecer com jogadores como Felipe Melo, Jailson e Willian.

"A história dele no clube não vai ser mexida, o que ele conquistou de positivo está lá e vai ficar, tem que ser respeitado por isso, não vai ser apagado. Mas o fato é que hoje não tem a acrescentar ao Flamengo e ele está lá por um erro grave cometido no ano passado com a renovação dele e do Diego Ribas", opina o jornalista.

"Conseguiram arrumar um problema renovando o contrato, ao contrário do que fez o Palmeiras, quando percebe que os Danilos da vida estão ganhando espaço e que o Felipe Melo não era mais um jogador útil, até se machucando, tanto que na final da Libertadores já estava machucado, nem começou jogando, o Palmeiras não renovou o contrato. O Felipe Melo não pareceu muito feliz quando foi embora, pareceu incomodado, mas paciência, obrigado e tchau, o ciclo aqui acabou", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol