PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Governo do DF decide que Fla-Flu terá portões fechados no Mané Garrincha

Estádio Mané Garrincha, antes da partida entre Flamengo e Olimpia-PAR - Staff Images / CONMEBOL
Estádio Mané Garrincha, antes da partida entre Flamengo e Olimpia-PAR Imagem: Staff Images / CONMEBOL

Alexandre Araújo e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/01/2022 13h26

Classificação e Jogos

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha decretou que o clássico entre Flamengo e Fluminense, no dia 6 de fevereiro, acontecerá com os portões fechados no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). O motivo da decisão é a alta de casos de covid-19 na região e baixa quantidade de leitos de UTI. A informação inicial foi dada pelo "Metrópoles" e confirmada pelo UOL Esporte.

Com esta opção, a final da Supercopa do Brasil, entre Atlético-MG e Flamengo, marcada para o dia 20 de fevereiro, também tem a possibilidade de ocorrer com portões fechados, embora isso ainda não tenha sido decidido oficialmente.

Até então, as partidas no Distrito Federal estavam ocorrendo com a presença de público. Ontem (26), inclusive, no clássico regional entre Brasiliense e Gama, uma pancadaria entre as torcidas ocorreu na arquibancada do Mané Garrincha.

O Rubro-Negro — que é o mandante — havia optado em mudar o clássico para a Capital Federal em função do Maracanã (RJ) estar passando por um processo de troca do gramado.

A diretoria do clube da Gávea ainda não se manifestou se, diante da decisão do governo do Distrito Federal, irá mudar o clássico de local.

Futebol