PUBLICIDADE
Topo

Bambu revela ansiedade para jogar no Corinthians: 'Torcida que tem um time'

Robson Bambu posa ao lado do diretor Roberto de Andrade e do Presidente do Corinthians Duilio Monteiro Alves - Divulgação/Corinthians
Robson Bambu posa ao lado do diretor Roberto de Andrade e do Presidente do Corinthians Duilio Monteiro Alves Imagem: Divulgação/Corinthians

Do UOL, em São Paulo

20/01/2022 21h21

Recém-chegado ao Corinthians, o zagueiro Robson Bambu falou pela primeira vez desde que assinou contrato com seu novo clube. Em vídeo divulgado pelo canal oficial do Timão no Youtube, o atleta elogiou a recepção que teve no CT Joaquim Grava e fez elogios à fama dos torcedores corintianos.

"Nação corintiana, muito obrigado pelo carinho de todos, pelas mensagens que venho recebendo. Queria dizer que estou muito feliz de estar aqui, todo time tem uma torcida, mas sabemos que o Corinthians é uma torcida que tem um time. Espero que seja uma grande temporada para todos nós", afirmou o novo zagueiro do Timão.

Revelado nas categorias de base do Santos, Bambu passou pelas categorias de base da Seleção Brasileira e ganhou notoriedade no Athletico-PR antes de assinar com os franceses do Nice — atuais donos de seus direitos econômicos. O jogador não disputa uma partida oficial desde março do ano passado, quando se machucou e precisou ser operado. O retorno ao Brasil, inclusive, foi uma forma encontrada para dar ritmo ao atleta.

O primeiro treinamento de Bambu ao lado de seus novos companheiros de trabalho aconteceu hoje (20) pela tarde. O zagueiro chega ao elenco corintiano para ser o reserva imediato de João Victor pelo lado direito e, por conta do calendário apertado desta temporada, deve ganhar algumas oportunidades com Sylvinho ao longo de 2022.

"Vestir essa camisa tão pesada é um motivo de alegria para mim e para a minha família. Estou muito feliz de estar aqui no clube, fui muito bem recebido por todos. Espero retribuir ao máximo junto com meus companheiros, com o staff, e espero que seja um grande ano para todos nós".