PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Árbitro se machuca na Copinha, mas conduz Botafogo x Resende até o final

Guilherme Santana foi o árbitro da partida entre Botafogo e Resende, válido pela Copinha 2022. - RÔMULO MAGALHÃES/ESTADÃO CONTEÚDO
Guilherme Santana foi o árbitro da partida entre Botafogo e Resende, válido pela Copinha 2022. Imagem: RÔMULO MAGALHÃES/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/01/2022 17h51

Classificação e Jogos

Aos 40 minutos do segundo tempo na partida entre Botafogo e Resende, nas oitavas da Copinha, o árbitro Guilherme Santana sentiu dores no joelho esquerdo e foi ao chão. Contundido, paralisou o jogo e recebeu o atendimento médico dos profissionais do Glorioso.

Apesar da queda repentina, o juiz conseguiu se recuperar após cerca de um minuto e continuou comandando a partida. O estado ruim do gramado do estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, foi o que atrapalhou o árbitro. O placar no momento foi mantido até o apito final, aos 49 do segundo tempo: 1 a 1.

Com a igualdade, Guilherme Santana ainda atuou em mais 12 cobranças de pênalti (seis para cada lado), até a Estrela Solitária vencer por 5 a 4 e ficar com a vaga nas quartas de final do torneio.

Este duelo foi o quarto do árbitro na atual edição da Copinha. Anteriormente, ele havia apitado a vitória do Cruzeiro por 1 a 0 sobre o Bragantino na segunda fase, o triunfo do Palmeiras sobre o Real Ariquemes por 3 a 0 na segunda rodada e a goleada do Flamengo por 10 a 0 sobre o Forte na estreia da competição.

Futebol