PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Lavieri: Pablo não quer sair e São Paulo está incomodado com ele

Do UOL, em São Paulo

14/01/2022 04h00

Fora dos planos do São Paulo para a temporada, Pablo se tornou um problema para a diretoria tricolor. O Tricolor até esteve perto de um acordo para emprestá-lo ao Ceará e, depois, ao Santos, mas o atacante recusou as duas propostas. Em baixa com a torcida, o jogador deseja retornar ao Athletico, onde se destacou.

Na Live Especial do UOL Esporte, os jornalistas Danilo Lavieri e Victor Martins analisaram a situação peculiar de Pablo no São Paulo. Ambos concordam que o atacante está sem clima para continuar no Tricolor, que tem uma situação das mais complicadas para resolver.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

"O Pablo não quer sair e o São Paulo está ficando um pouco incomodado. Ele tem um salário que não é baixo e o investimento para a chegada dele foi altíssimo. Foi uma das grandes contratações na época. Vários times o queriam e o São Paulo ganhou a guerra, mas o Pablo não vingou", destacou Lavieri.

Pablo, de 29 anos, é a contratação mais cara da história do São Paulo: 7 milhões de euros. A negociação foi fechada no fim de 2018, após o atacante se tornar um dos protagonistas do Furacão na conquista do título da Copa Sul-Americana. No Tricolor, porém, o jogador não repetiu as boas atuações. Ele ficou marcado por perder um gol decisivo contra o Palmeiras, nas quartas de final da Libertadores, o que azedou de vez sua relação com a torcida.

Martins destacou como a imagem de Pablo se desgastou rapidamente no Morumbi. "Poucas vezes vi no futebol brasileiro um jogador chegar com tanto status e protagonismo e, tão rapidamente, azedar de uma maneira que a torcida não aguenta ouvir falar o nome dele", disse o repórter do UOL.

Após o fracasso nas negociações com Ceará e Santos, o Athletico estaria interessado em contratar Pablo por empréstimo. O São Paulo deseja uma compensação financeira, o que dificulta as conversas com o Furacão.

"O São Paulo torce um pouco o nariz para essa negociação. O Athletico teria que pagar uma grana ao São Paulo, sendo que, com Santos e Ceará, o Tricolor já tinha acertado até a divisão de salário. Com o Athletico, o São Paulo faz jogo duro. O Pablo está ficando um pouquinho sem clima no São Paulo. É uma situação muito complicada, especialmente porque ele teve recentemente uma renovação automática por conta do número de jogos", explicou Lavieri.

Para Martins, o alto valor investido na contratação de Pablo ajuda a explicar o tamanho da frustração dos torcedores pela passagem discreta do atacante no Morumbi. "O Pablo é como aquela marca de carro: uma alegria quando compra e outra quando se desfaz. O São Paulo não consegue se desfazer dele de maneira alguma. A partir do momento em que o São Paulo se acertou o Ceará, já estava praticamente negociado. Ele não foi. Veio o Santos. Agora, o Athletico. Ele custou 7 milhões de euros, e isso é o que dói mais", completou.

Não perca! A próxima edição da Live Especial do UOL Esporte será nesta sexta-feira (14), às 17h (horário de Brasília), com a análise das últimas novidades do mercado da bola. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol