PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Julio Gomes: Cristiano Ronaldo está jogando sozinho no Manchester United

Do UOL, em São Paulo

03/11/2021 13h18

Classificação e Jogos

O Manchester United mais uma vez contou com um Cristiano Ronaldo decisivo para arrancar um empate com a Atalanta pela Liga dos Campeões e se manteve na liderança do Grupo F, por levar vantagem no confronto direto contra o Villarreal. Mas a atuação do time mais uma vez deixou a desejar, como tem sido frequente na temporada sob o comando do técnico Solskjaer.

No UOL News Esporte, Julio Gomes afirma que o atacante português tem feito nos Diabos Vermelhos o mais próximo do que se pode considerar como jogar sozinho ao decidir jogos em sequência para o time na competição europeia.

"O time não joga nada, anda em campo, não tem uma jogada, não faz nada, o Manchester United não faz nada, é um jogo pobre, pobre, pobre. E aí o Cristiano Ronaldo vai lá e sempre carimba no final da partida e acaba arrancando o resultado", diz Julio.

"Nesta Champions League, ele fez gol nos acréscimos contra a Atalanta mesmo no jogo de semanas atrás para ganhar de 3 a 2, ele fez gol nos acréscimos ontem, para empatar o jogo em 2 a 2, e ele fez o gol da vitória contra o Villarreal também no finalzinho, então forma 5 pontos dos 7 que o United tem que o Cristiano conseguiu no final do jogo sozinho, está aí uma definição de jogar sozinho, é o que o Cristiano Ronaldo está fazendo no United desta vez", completa.

O jornalista afirma que não esperava que Cristiano Ronaldo estivesse, aos 36 anos, atuando neste nível com a camisa do Manchester United depois de uma passagem frustrante pela Juventus.

"Eu não achei que com essa idade avançada, depois de temporadas ruins na Juventus e aí você fica na dúvida se era o Cristiano que já está caindo muito, era a Juventus que estava muito porcaria e ele não estava conseguindo salvar? Ninguém imaginava que o cara fosse chegar e fazer chover desse jeito que ele está fazendo", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol