PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Com Roni e sem Willian, Corinthians treina fundamentos no CT Joaquim Grava

Sylvinho acompanha treinamento dos jogadores do Corinthians  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Sylvinho acompanha treinamento dos jogadores do Corinthians Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

27/10/2021 18h45

Classificação e Jogos

De olho no jogo contra a Chapecoense, na próxima segunda-feira (1º), o elenco do Corinthians retornou aos trabalhos no CT Joaquim Grava. O técnico Sylvinho contou com os titulares à disposição, ao contrário do que aconteceu ontem na reapresentação da equipe após o empate com o Inter no último fim de semana.

O clube não deu maiores detalhes sobre o treinamento desta tarde, apenas informando que os jogadores realizaram um exercício de posse de bola em campo reduzido e depois fizeram um trabalho de passes e marcação-pressão. Nas fotos divulgadas pelo Corinthians, é possível observar o volante Roni treinando com os demais.

O camisa 10 Willian segue tratando da lesão muscular na coxa esquerda e está sob os cuidados do departamento médico. O mesmo vale para o meia Ruan Oliveira, que dificilmente entra em campo nesta temporada, após ser avisado pelos médicos do Corinthians que precisaria ser reavaliado após cirurgia de reconstrução dos ligamentos do joelho.

Para o duelo com a Chape, o Corinthians não poderá contar com o goleiro Cássio — suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida, o zagueiro João Victor volta ao time após cumprir o gancho pelos três cartões amarelos recebidos no Brasileirão.

A tendência é de que o Alvinegro entre em campo com Matheus Donelli; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo; Gabriel Pereira, Giuliano, Renato Augusto e Gustavo Mosquito; Roger Guedes.

A partida acontece na segunda, às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena. O confronto com os catarinenses é válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro e uma vitória pode recolocar o time do técnico Sylvinho na zona de classificação para a Copa Libertadores.

Corinthians