PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Perrone: 'No segundo tempo, foi um Corinthians para empolgar a torcida'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/10/2021 19h43

O Corinthians foi ao Beira-Rio, hoje (24), e ficou no empate em 2 a 2 com o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, em duelo com alternâncias no placar. Apesar de ser fora de casa, o resultado acabou tendo um gosto amargo ao Timão por ter sofrido um gol nos acréscimos, contra um adversário direto na briga por vaga na Libertadores do ano que vem.

Na Live do Corinthians, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do Timão, os jornalistas Vitor Guedes e Ricardo Perrone analisaram o desempenho da equipe comandada pelo técnico Sylvinho.

"Foram dois tempos muito diferentes. Alguém vai poder dizer que [Sylvinho] mexeu bem, outros podem dizer que a escalação foi errada. Foram tempos distintos. Questão do Sylvinho no pré-jogo, de uma fritura... Em campo, mostrou algumas coisas que já vinha mostrando faz tempo. O Corinthians marca mal, segunda vez que começa praticamente perdendo. Contra o São Paulo, houve um gol anulado com um minuto e tomou um gol aos seis. Hoje, aos nove, tomou um gol do Internacional. Assim como contra o São Paulo, em uma falha coletiva. Falhou todo o sistema defensivo", disse Vitor Guedes.

"Empate em um confronto direto. Após a surpreendente vitória do Fluminense no Fla x Flu, era fundamental [a vitória]. Agora, está dois pontos na frente do Fluminense, com um jogo a mais, mas se manteve empatado com o Inter antes de receber a Chapecoense em casa. Até achei que o jogo seria mais do Inter hoje. O empate acabou que não foi mau resultado, mas ficou sendo ruim o gostinho. Ganhar o jogo de 2 a 1 até os acréscimos, em um momento que está melhor que o adversário... Não estava sendo ameaçado pelo Inter, mas o cara acertou um chute na gaveta", completou.

Ricardo Perrone concordou que o resultado acabou não sendo o melhor diante do cenário que o confronto mostrava, mas ressaltou que a equipe demonstrou evolução no segundo tempo. Para o colunista do UOL Esporte, a atuação após o intervalo dá indícios de que o Corinthians pode apresentar um futebol melhor.

"Se for analisar pelo que aconteceu no jogo, não é legal. Empate com gosto de derrota porque levou o gol de empate no final. Mas se levar em consideração o que jogou no jogo anterior, não jogou nada. O que jogou no primeiro tempo [contra o Internacional], quando voltou a não jogar nada. E aí o que jogou no segundo tempo... O Corinthians, no segundo tempo, foi um Corinthians para empolgar a torcida. Se levar em consideração a maior parte do segundo tempo, tem uma luz ali. Aí, vai ser uma coisa positiva [do jogo]. Se olhar no final, na tabela, empate com o Inter lá... O Inter é um time forte, acaba sendo bom. Acho que faz a gente pensar é a evolução de um jogo para o outro. O Corinthians evoluiu muito do jogo do São Paulo para o segundo tempo de hoje", avaliou.

Perrone salientou ainda a mudança na formação titular que Sylvinho realizou para o duelo com o Colorado. Ele lembrou que a ausência de um volante de ofício era um dos pontos que mais gerava críticas ao comandante.

"Não sei se foi a pressão, se ele ouviu os críticos, ou se, finalmente, como você [Vitor Guedes] diz, ouviu o que o campo grita. O Sylvinho fez mudanças, tentou uma formação de mais marcação com a entrada do Gabriel, que não fez boa partida, mas ele se mexeu, fez alguma. Finalmente, demonstrou que estava insatisfeito com o que estava acontecendo. E a caminhada continua"

A próxima edição da Live do Corinthians será na segunda-feira (1), logo após a partida contra a Chapecoense, pelo Brasileirão. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Corinthians