PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Inter empata com Corinthians nos acréscimos e mantém pressão sobre Sylvinho

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/10/2021 17h57Atualizada em 24/10/2021 19h14

Classificação e Jogos

Com gol nos acréscimos, o Internacional empatou com Corinthians por 2 a 2 hoje (24), no Beira Rio, pelo Campeonato Brasileiro. O placar manteve pressão sobre Sylvinho, técnico do clube paulista.

Fábio Santos e Giuliano marcaram para o Corinthians. Gustavo Maia e Lindoso fizeram os gols do Inter.

O resultado deixa o Inter em sexto, com 41 pontos. O Corinthians, com a mesma pontuação, é o sétimo.

O Inter encara o São Paulo no próximo domingo (31). Já o Corinthians tem compromisso contra a Chapecoense no dia seguinte (1º).

Foi bem: Roger Guedes desestabiliza defesa

Roger Guedes abusou da qualidade individual no lance que resultou no segundo gol do Corinthians. Driblou Johnny e levou o pênalti que virou gol de Fábio Santos.

Foi mal: Kaique erra a linha

O Inter acreditava que tinha o jogo sob controle até o gol de empate do Corinthians. No lance, Kaique errou o tempo de sair da área, deixando Giuliano em condições de driblar o goleiro e marcar.

Giuliano é vaiado e responde com gol

Giuliano foi campeão da Libertadores de 2010 e teve ótima passagem pelo Inter. Mas não foi perdoado pelos torcedores por dois motivos: jogou no Grêmio e não fez força para voltar a vestir vermelho na última janela de transferências, ainda que tenha sido "convidado" por Taison. A mágoa ainda reside nos corações dos colorados - tanto que ele foi vaiado no anúncio de seu nome na escalação do Corinthians.

Eis que a "lei do ex" resolveu aparecer no Beira-Rio no segundo tempo. Após receber de Gabriel Pereira, ele driblou Marcelo Lomba e fez seu gol.

O jogo do Inter: Gol cedo e relaxamento

O Inter marcou cedo. Antes dos 10 minutos de jogos, já estava na frente no placar. Com isso, adotou a conduta que costuma ter quando abre vantagem, recuando as linhas e protegendo a meta defendida por Marcelo Lomba. Foi assim ao longo de boa parte do jogo. Mas a atitude "chamou" o Corinthians para o campo do Colorado. No segundo tempo, o relaxamento na marcação ocasionou controle do rival e a virada com falhas em série.

O jogo do Corinthians: Dificuldade revertida com mudanças

O Corinthians ficou atrás no placar quando dividia domínio do jogo com Inter. Em busca do empate, tratou de adiantar suas linhas e buscar o ataque pelos lados. O problema é que não conseguiu penetrar como gostaria na defesa gaúcha. Sem espaço, abusou de cruzamentos, mesmo sem um centroavante de ofício em campo.

Faltaram chances claras no começo da partida, mas o cenário mudou a partir das entradas de Gustavo Mosquito e Du Queiroz. Na etapa final, o Corinthians virou o jogo em 20 minutos, mas levou o empate no fim.

Confusão e duas expulsões no fim do jogo

Após o empate do Inter, quando o jogo se encaminhava para o final, uma confusão tomou o gramado. Patrick, do Inter, e Xavier, do Corinthians, se desentenderam, trocaram xingamentos e até se posicionaram para briga. Pelas atitudes, ambos foram expulsos.

Torcidas brigam antes do jogo

Nos momentos que antecederam o jogo, torcedores de Inter e Corinthians brigaram nas cercanias do Beira-Rio. O confronto entre os aficionados marcou o primeiro jogo com presença de torcida visitante no estádio do Colorado. O clube gaúcho, inclusive, se posicionou contrário à venda de ingressos para visitantes ao longo da semana, mas acatou orientação e disponibilizou as entradas.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 2 CORINTHIANS

Data: 24/10/2021 (Domingo)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Daniel do Espírito Santo Parro
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Renda: R$ 545.358,00
Público: 13.216 (total)
Cartões amarelos: Gabriel, Renato Augusto (COR); Mercado, Rodrigo Dourado, Taison (INT).
Cartões vermelhos: Patrick (INT) e Xavier (COR)
Gols: Lindoso, do Inter, aos 8 minutos do primeiro tempo; Giuliano, do Corinthians, aos 15 minutos do segundo tempo; Fábio Santos, do Corinthians, aos 21 minutos do segundo tempo; Gustavo Maia, do Inter, aos 47 minutos do segundo tempo;

INTER
Marcelo Lomba; Mercado, Kaique (Boschilia), Victor Cuesta e Moisés (Gustavo Maia); Dourado (Johnny), Lindoso (Mauricio), Edenilson, Patrick e Taison; Yuri Alberto.
Técnico: Diego Aguirre

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Gabriel (Du Queiroz), Giuliano, Renato Augusto, Gabriel Pereira (Xavier) e Vitinho (Gustavo Mosquito); Roger Guedes.
Técnico: Sylvinho