PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Julio Gomes: Neymar é o cara mais importante desse time do PSG

Do UOL, em São Paulo

20/10/2021 12h31

Classificação e Jogos

O Paris Saint-Germain conseguiu a sua segunda vitória em três jogos na fase de grupos da Liga dos Campeões, mas, assim como já havia ocorrido no jogo com o Manchester City, o clube francês encontrou muitas dificuldades diante do RB Leipzig, em um jogo no qual não contou com Neymar, fora devido a desconforto nos adutores.

No UOL News Esporte, Julio Gomes afirma que hoje o jogador mais importante para o time do Paris Saint-Germain é Neymar em termos de controle da posse de bola e criação, destacando que Mbappé se sai melhor com o time explorando os contra-ataques em velocidade e Messi não proporciona o mesmo controle.

"Outra coisa que eu queria falar é que eu acho que o Neymar é o cara mais importante desse time do PSG. O jogo funciona muito para o Mbappé quando o PSG está se defendendo, contra-atacando e tal, mas você vê como o PSG ontem em nenhum momento conseguiu parar, botar a bola, dominar o adversário", diz Julio.

"O Messi fez isso a vida inteira no Barcelona e tal, mas o Messi já, as pernas já não vão mais tanto já faz alguns anos, o Messi se reserva para alguns momentos do jogo, está caminhando pelo campo e, de repente, acelera e faz aquelas coisas que só o Messi faz, mas ele é um cara que já não participa do jogo o tempo inteiro que nem era antes, esse cara, quem faz esse papel no Paris tem que ser o Neymar. Ainda não encaixou, ainda não está dando certo, mas se em algum momento der certo, isso vai passar muito mais pelo Neymar do que pelos outros, acho eu", completa.

José Trajano considera que Neymar está devendo na Liga dos Campeões para ser este jogador que controla o jogo, considerando que ele não foi bem contra o Manchester City, antes de ser desfalque diante do RB Leipzig, enquanto Mbappé foi decisivo.

"Na Champions o Neymar está deixando a desejar. Aquele jogo contra o City ele não jogou rigorosamente nada e agora esse jogo de ontem ele não jogou. Então, se alguém apareceu melhor nesses dois jogos, foram os outros, o Messi, que também não fez uma grande partida contra o City, mas agora fez dois gols, e o Mbappé. Aliás, o Mbappé, no outro jogo, jogou muito bem, contra o City, ele fez gol deu passe e aquela coisa toda. Então, o Neymar na Champions, que é a grande vitrine para o Paris Saint-Germain, ele ainda não foi convidado", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol