PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Volta de Neymar não será única novidade contra a Colômbia, avisa Tite

Neymar durante treinamento da seleção brasileira na Colômbia, em 6 de outubro - Lucas Figueiredo/CBF
Neymar durante treinamento da seleção brasileira na Colômbia, em 6 de outubro Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

09/10/2021 14h46

Classificação e Jogos

Tite comanda no fim da tarde de hoje (9) o único treinamento da seleção brasileira antes de enfrentar a Colômbia em jogo atrasado da quinta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar. Em entrevista coletiva no hotel onde a equipe está hospedada na cidade de Barranquilla, o técnico disse que pretende fazer mais de uma mudança na escalação, mas confirmou apenas a entrada de Neymar.

O camisa 10 do Brasil cumpriu suspensão por acúmulo de cartões amarelos na última quinta-feira, na vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela pela 11ª rodada, e tem o retorno confirmado diante da Colômbia. Em outra resposta, Tite também cravou a escalação de Fabinho como titular no meio-campo. Foram as únicas pistas da escalação que entra em campo amanhã (10), às 18h, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez.

"São apenas 66 horas de recuperação. A seleção brasileira não permite poupar ninguém, mas permite ter atletas com totais condições de jogo. Neymar volta, sim. Mas não vou antecipar escalação, tem outras modificações que vão acontecer. A equipe já sentiu bastante no começo do último jogo, porque os atletas estão buscando sua melhor condição, então estamos também premiando os atletas totalmente recuperados", disse o comandante.

Contra a Venezuela, Tite escalou o seguinte time: Alisson: Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fabinho, Gérson, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá; Gabriel Jesus e Gabigol. Além de Neymar suspenso, outro desfalque importante foi Casemiro, cortado por um problema médico. O time começou mal e só reagiu com a entrada de Raphinha no lugar de Everton Ribeiro no intervalo. O jogador do Leeds deu duas assistências para gols e é outro forte candidato à titularidade.

Ao longo do segundo tempo também foram acionados Antony (Gabriel Jesus), Vini Jr (Lucas Paquetá), Alex Sandro (Arana) e Emerson (Danilo). O bom desempenho deixa dúvidas na cabeça de Tite para o jogo contra a Colômbia que ocorre em meio à fase de construção da equipe.

São fases de estruturação de composição da equipe. Em Eliminatórias você tem necessidade de desempenho e resultado para conseguir classificação. A partir disso dá oportunidades aos atletas mais jovens, que vão emergindo e se consolidando. Nesse oportunizar o técnico traz escalação em que acaba não se confirmando o desempenho. O último jogo, por exemplo. Aí atletas que estão fora entram, a equipe se consolida e você alterna as peças mantendo solidez para poder fazer gols. Numa fase subsequente teremos uma estrutura-base, daqui a pouco com a pandemia menor, para ter o grupo formado e aí preparar-se especificamente para a Copa."

Tite fez elogios diretos para Guilherme Arana, Raphinha e Antony durante a entrevista coletiva, como jovens que agarraram suas oportunidades.

O Brasil soma 100% de aproveitamento em nove rodadas das Eliminatórias e tem chances matemáticas de garantir classificação para a Copa do Mundo ainda nesta janela de jogos, que também tem o Uruguai pela frente no dia 14.

Seleção Brasileira