PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Assinatura de casa, sem despedida: os últimos passos de Dani Alves no SPFC

Renan, do Palmeiras, dá carrinho para desarmar Daniel Alves, do São Paulo, no Choque-Rei das quartas da Libertadores 2021. - Staff Images/Conmebol
Renan, do Palmeiras, dá carrinho para desarmar Daniel Alves, do São Paulo, no Choque-Rei das quartas da Libertadores 2021. Imagem: Staff Images/Conmebol

Eder Traskini e Ricardo Perrone

Do UOL, em Santos e São Paulo

18/09/2021 04h00

Longe do Morumbi, Daniel Alves com uma caneta na mão colocou fim a sua passagem pelo São Paulo. O lateral, em seguida, entregou de volta os papéis ao seu advogado, que tinha se deslocado até sua casa para o virtual encontro entre as partes interessadas. Perto das 22h da última quinta-feira (16), o documento recebeu também a assinatura do Tricolor paulista e oficializou a rescisão contratual.

Daniel Alves não participou da reunião decisiva, algo que é comum nesse tipo de negociação complicada. O São Paulo nem esperava atitude diferente, uma vez que o jogador já havia usado terceiros para mandar o recado de que não jogaria mais pelo time enquanto a dívida não fosse paga.

Mas não foi só essa ausência que foi sentida. Até o momento, Daniel Alves não foi até o CT da Barra Funda para se despedir de seus (antigos) companheiros de equipe. Membros da cúpula são-paulina, porém, ainda acreditam que ele deve fazê-lo nos próximos dias. Nas redes, o lateral se pronunciou agradecendo e se despedindo, mas ainda não foi às dependências do clube.

O acordo entre São Paulo e Daniel Alves prevê pagamento de cerca de R$ 25 milhões em cinco anos. O Tricolor calcula que irá economizar algo na casa de R$ 27 milhões com o acerto. O lateral ganhava perto de R$ 1,5 milhão mensal no clube.

Livre no mercado, Daniel Alves analisa seis propostas para definir seu futuro. Duas delas são do exterior, de mercados onde a janela de transferências segue aberta, como o "mundo árabe" e o México. Outras quatro são de clubes brasileiros. O Flamengo analisa de perto a situação.

Se optar por seguir no país, o lateral tem uma semana para acertar com o novo clube. O prazo para inscrições no Brasileirão se encerra na próxima sexta-feira, dia 24. Como fez somente seis jogos pelo São Paulo no torneio, Daniel Alves pode atuar normalmente por outra equipe nesta edição da competição.

São Paulo