PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro quer engatar vitórias na Arena do Jacaré para engrenar na Série B

Luxemburgo tem sete jogos em sua terceira passagem pelo Cruzeiro, com três vitórias e quatro empates - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Luxemburgo tem sete jogos em sua terceira passagem pelo Cruzeiro, com três vitórias e quatro empates Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

10/09/2021 20h30

Classificação e Jogos

O técnico Vanderlei Luxemburgo já revelou sua matemática para, quem sabe, levar o Cruzeiro novamente à Série A do Campeonato Brasileiro. O treinador estipulou dez vitórias obrigatórias, mais uma briga importante por pontos nos demais jogos que faltam para a Raposa na competição. O calendário azul na Segunda Divisão reserva ainda 16 confrontos, sendo nove em casa e sete fora. A partir de amanhã (11), às 11h, a equipe comandada por Luxa abre uma sequência de duas partidas em Minas Gerais: contra a Ponte Preta e o Operário [no dia 16, às 19h].

Os confrontos contra a Macaca e o Fantasma estão marcados para a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, cidade que fica cerca de 70 km de Belo Horizonte. Com a mudança de ares e o retorno de torcedores aos jogos, já que o clube escolheu o município pela possibilidade de atuar diante do público, o pensamento é em melhorar na pontuação. Isso passa também por uma evolução como mandante, já que o Cruzeiro tem apenas a 16ª campanha — dentre 20 clubes — quando o assunto é jogos em casa.

Até aqui, a Raposa já fez dez partidas jogando em seus domínios — 33 pontos em disputa —, somando apenas 12. O aproveitamento celeste nos jogos como mandante é muito ruim, de 36,36%. Muito diferente do Botafogo, o melhor mandante da Série B até aqui, com oito vitórias, um empate e apenas uma derrota [25 pontos e 75,8% de rendimento], também em dez compromissos.

"Aproveitar e convidar o torcedor do Cruzeiro para entender que nós temos dois jogos importantes [Ponte Preta e Operário], eu sei que vocês têm as suas preferências como jogadores que vão entrar em campo e faz parte do contexto do futebol. Eu entendo isso muito bem, mas o técnico tem que tomar decisões e às vezes não é aquela que agrade a um, mas desagrade a outro, né?! Então, dessa forma, mas o meu centroavante são vocês, vocês são meus centroavantes, vocês é que ajudam, que chegam primeiro, que botam a bola para dentro, e nesse jogo vai ser fundamental a presença de vocês lá em Sete Lagoas ajudando o Cruzeiro", clamou.

Segundo o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, a chance de o Cruzeiro subir de divisão, hoje, é de 1,1%. Na 14ª colocação com 26 pontos, o Cruzeiro precisaria de pelo menos 38 pontos para chegar aos 64, marca que garantiu acesso nas últimas cinco edições da Série B.

Para chegar a essa pontuação, caberia ao time celeste vencer as dez partidas estipuladas por Luxemburgo — 33 pontos — e alcançar pelo menos cinco pontos em 18 disputados — nos demais seis jogos restantes.

"O Cruzeiro ir para a Primeira Divisão, essa que é a preferência nossa né? Então eu convido vocês para que nos ajudem. Participem junto com a gente", pediu o treinador.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO X PONTE PRETA

Motivo: 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 11 de setembro de 2021, às 11h (de Brasília)
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Gabriel Conti Viana (RJ)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Rômulo e Giovanni; Wellington Nem, Rafael Sobis (Bruno José). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PONTE PRETA: Ivan, Felipe Albuquerque, Ednei, Cleylton e Marcelo Hermes; André Luiz, Marcos Júnior e Fessin; Richard, Moisés e Rodrigão. Técnico: Gilson Kleina

Cruzeiro