PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro amplia invencibilidade, mas estaciona na tabela com muitos empates

Vanderlei Luxemburgo ainda não sabe o que é derrota com o Cruzeiro em 2021  - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Vanderlei Luxemburgo ainda não sabe o que é derrota com o Cruzeiro em 2021 Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

09/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

A vontade de todos os torcedores do Cruzeiro é, novamente, ver o clube do coração de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. A presença do técnico Vanderlei Luxemburgo no comando da Raposa até acendeu uma nova esperança nos cruzeirenses, mas mesmo com tanta esperança e expectativa a missão pelo retorno à primeira divisão ainda é muito improvável.

Com mais que o dobro de empate do que vitória (11 x 5) em 22 rodadas, o time celeste vê suas chances de acesso em irrisório 1,1% de acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Além disso, a probabilidade de rebaixamento é 12 vezes maior do que a de voltar à Série A. Para tentar mudar esse cenário, Luxemburgo estipulou uma matemática particular para o Cruzeiro melhorar sua posição na tabela e, quem sabe, atingir o objetivo maior na temporada.

"Coloquei 10 jogos que temos obrigação de ganhar, não vou dizer quais são [os adversários a serem batidos], e mais sete, contando este contra o Goiás, então agora são 6, que temos que buscar nossa classificação", calculou o treinador.

Se levar o Cruzeiro ao G4 da Série B, Luxemburgo alcançará dois feitos. O de propriamente colocar o time entre os quatro melhores, e a quebra de uma marca negativa, tendo em vista que há 60 rodadas a Raposa não sabe o que é figurar na área de classificação à Série A do Brasileirão.

Toda a Série B de 2020 mais as rodadas disputadas até aqui da edição 2021, ainda não foram suficientes para que a equipe estrelada alcance uma das quatro melhores posições.

Em 21 pontos disputados com Luxemburgo no comando, o Cruzeiro conquistou 13, somando aproveitamento de 61,9%, rendimento inferior apenas ao do líder Coritiba, que tem 65,2% de rendimento global até aqui na Série B.

O empate com o Goiás na última terça-feira (7) foi o quarto do Cruzeiro com Luxa e aumentou a invencibilidade azul nesta edição da Série B. Já são nove jogos sem perder, sendo sete com Luxa e dois ainda tendo Mozart no comando. Mas o resultado não ajudou muito no que tange à escalada na tabela. A Raposa está na 14ª colocação com 26 pontos —e um aproveitamento global inferior a 40%.

Agora o próximo compromisso será contra a Ponte Preta, às 11h, no sábado (11), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, onde o torcedor —desde que cumprindo regras sanitárias— poderá comparecer.

"Quero aproveitar para falar que prefiro 6 mil torcedores na Arena do Jacaré do que no Mineirão, grande e além de tudo vazio, porque, além de tudo, está proibido ter torcedor. Então peço ao torcedor que lote o estádio e que possa participar com a gente sendo o centroavante da equipe", finalizou Luxemburgo.

Cruzeiro sob o comando de Luxemburgo na Série B 2021

16ª rodada: Brusque 1 x 2 Cruzeiro
17ª rodada: Cruzeiro 2 x 2 Vitória
18ª rodada: Cruzeiro 1 x 1 Sampaio Corrêa
19ª rodada: Náutico 0 x 1 Cruzeiro
20ª rodada: Cruzeiro 1 x 0 Confiança
21ª rodada: CRB 0 x 0 Cruzeiro
22ª rodada: Goiás 1 x 1 Cruzeiro

Cruzeiro