PUBLICIDADE
Topo

Ceará

Mauro Cezar: Motivado pelo rival, Ceará trocou de técnico por querer mais

Siga o UOL Esporte no

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

02/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

O jornalista Mauro Cezar analisou a troca de técnico feita pelo Ceará, que demitiu Guto Ferreira e contratou Tiago Nunes. No quadro "Fala, Maurão", o colunista do UOL Esporte defende a tese de que a mudança foi, de certa forma, motivada pelo sucesso que o rival Fortaleza vem obtendo com o argentino Juan Pablo Vojvoda.

"O Ceará quer mais, e aí entra uma motivação provocada pelo rival, que contratou o argentino Juan Pablo Vojvoda e vem obtendo muito sucesso. O Fortaleza mais alto ainda que o Ceará certamente influencia torcida e dirigentes do Vozão em pensar: 'Se eles conseguem, nós conseguimos ir um pouco além'", opina Mauro Cezar, a partir de 2m49s do vídeo acima.

O jornalista cita os motivos que motivaram a demissão do "Gordiola" e classifica a contratação de Tiago Nunes como um gesto "até ambicioso" por parte do Ceará.

"Há um desgaste. Eliminação da Sul-Americana, perdeu o título cearense para o Fortaleza, perder a Copa do Nordeste em casa para o Bahia... A torcida e o clube perceberam que o Guto Ferreira, embora faça um bom papel na classificação do Campeonato Brasileiro, não consegue tirar mais do time", analisa.

"O Ceará, num gesto até ambicioso, quer mais, e contrata o Tiago Nunes. Mas é uma aposta, porque fracassou de forma retumbante no Grêmio e também foi uma decepção no Corinthians. É uma nova chance para esse jovem treinador. Mas um técnico, em tese, com capacidade de fazer algo diferente, que o Guto parecia ser incapaz por um jogo mais cauteloso e reativo", completa.

Ceará