PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mbappé aconselha Neymar sobre França: 'Não é bom mostrar paixões'

Neymar e Mbappé comemoram gol do PSG sobre o Bayern na Liga dos Campeões - Alexander Hassenstein/Getty Images
Neymar e Mbappé comemoram gol do PSG sobre o Bayern na Liga dos Campeões Imagem: Alexander Hassenstein/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/08/2021 15h47

Classificação e Jogos

Companheiro de ataque de Neymar no PSG, Mbappé aconselhou o craque brasileiro a dosar a 'ostentação'. O camisa 7 do time parisiense disse entender o comportamento de seu colega, por ele ser naturalmente mais festivo, mas explicou que mostrar as paixões não é visto como uma coisa boa na França.

"No Brasil eles são mais festivos, na França mais sérios. Aqui não é considerado bom mostrar suas paixões. As pessoas vão pensar que ele negligencia o PSG porque joga pôquer. Acho que ele começou a entender. No começo foi difícil para ele, porque ele experimentou isso, como uma afronta", disse Mbappé em entrevista ao "Esquire",

"Quando ele chegou, colocaram seu rosto na Torre Eiffel e, seis meses depois, perguntaram por que ele jogava pôquer. Na França, as pessoas sabem o que você tem, mas não precisam ver. Eles só querem ver você jogando futebol, sorrindo", continuou.

Conversa após a Copa do Mundo

Na mesma entrevista, Mbappé revelou que teve uma conversa com Neymar em 2018, após ser campeão do mundo com a seleção francesa. No diálogo, ele disse ao brasileiro que não queria ocupar o lugar dele.

"[Neymar], Não vou invadir o teu território. Serei candidato à Bola de Ouro este ano (2018) porque você não será, mas te garanto que não quero ocupar o teu lugar", disse Mbappé.

Futebol