PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Kroos anuncia aposentadoria da seleção da Alemanha e cita Real e família

Meio-campista de 31 anos não atuará mais com a camisa de seu país - Reprodução/Instagram
Meio-campista de 31 anos não atuará mais com a camisa de seu país Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

02/07/2021 09h24

Considerado um dos símbolos da última geração alemã, o meio-campista Toni Kroos, campeão mundial em 2014, anunciou hoje que não jogará mais com a camisa da seleção de seu país.

Aos 31 anos, o jogador do Real Madrid revelou que sua decisão já havia sido tomada antes da disputa da Eurocopa - a Alemanha foi eliminada pela Inglaterra no início da semana.

"Joguei pela Alemanha 106 vezes e não haverá outra. Eu queria muito que chegasse até 109 partidas e que o final seria com o título da Eurocopa. Já havia tomado a decisão de parar após este torneio há um longo tempo. Estava claro para mim que eu não estaria disponível para a Copa do Mundo de 2022", iniciou ele no Instagram.

No texto, Kroos disse que o seu foco a partir de agora estará 100% no Real Madrid e em sua família.

"Quero me concentrar totalmente nos meus objetivos com o Real Madrid nos próximos anos. Além disso, a partir de agora vou permitir-me ter uma pausa que não existia como jogador nacional há onze anos. Como marido e pai, quero estar ao lado de minha esposa e três filhos", prosseguiu.

Por fim, o jogador agradeceu ao técnico Joachim Low, que também está de saída da seleção, e desejou sorte ao novo comandante da equipe, Hansi Flick.

"Foi uma grande honra para mim poder usar esta camisa por tanto tempo. Fiz isso com orgulho e paixão. Obrigado a todos os torcedores que me carregaram e apoiaram com aplausos e gritos. E obrigado a todos os críticos pela motivação extra. No final, gostaria de agradecer muito ao Low. Ele me tornou um jogador nacional e campeão mundial. Ele confiou em mim. Por muito tempo escrevemos uma história de sucesso. Foi uma honra para mim - e boa sorte e sucesso para Hansi Flick."

Futebol