PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2021

De olho no G4, Vasco encara Goiás, vítima e "algoz" na última temporada

Lance do duelo entre Goiás e Vasco - Carlos Costa/Estadão Conteúdo
Lance do duelo entre Goiás e Vasco Imagem: Carlos Costa/Estadão Conteúdo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

30/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Vasco encara o Goiás, hoje (30), no Hailé Pinheiro, às 19h, e busca entrar no G4 pela primeira vez nesta edição da Série B do Campeonato Brasileiro, o que poderia levar um pouco mais de alívio a São Januário. O adversário de logo mais, inclusive, na última temporada, foi vítima e, posteriormente, pode-se dizer, que "algoz".

Após vencer o Brusque no último domingo, o Cruz-Maltino, que tem 10 pontos e está na sexta colocação, tenta a segunda vitória consecutiva — algo que ainda não aconteceu na competição — para, enfim, habitar a área de classificação à elite do futebol brasileiro. O resultado positivo pode diminuir um pouco a pressão na Colina, depois de um começo aquém do esperado.

O Esmeraldino, que foi rebaixado juntamente ao Vasco, Coritiba e Botafogo, faz os torcedores do clube da Colina terem sentimentos diferentes. Foi no estádio do jogo de hoje que a equipe carioca, então comandada pelo técnico Ramon Menezes, conseguiu mudar um cenário desfavorável após derrota no primeiro jogo e, nos pênaltis, se classificar para a quarta fase da Copa do Brasil.

Fernando Miguel, goleiro do Vasco, brilhou na disputa de pênaltis com duas defesas - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Fernando Miguel, então goleiro do Vasco, brilhou na disputa de pênaltis com duas defesas
Imagem: Heber Gomes/AGIF

Aquela vitória por 2 a 1 no tempo normal ficou marcada pelo fato de o meia argentino Martin Benítez, atualmente no São Paulo, e o lateral-esquerdo Henrique, anunciado ontem (29) pelo Lyon, da França, terem marcado os respectivos primeiros gols com a camisa do Cruz-Maltino. Fernando Miguel, agora no Atlético-GO, se tornou o herói nas penalidades.

Porém, foi contra o Goiás também que a queda foi concretizada. Na verdade, o time de Vanderlei Luxemburgo entrou em campo precisando de uma milagrosa vitória por 12 a 0 para permanecer na Série A. Em campo, o 3 a 2 a favor não foi motivo para celebrações.

Germán Cano, atacante do Vasco, lamenta chance perdida contra o Goiás - Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF
Germán Cano, atacante do Vasco, lamenta chance perdida contra o Goiás
Imagem: Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF

Deixando águas passadas, o duelo desta quarta-feira tem um grande peso para diretoria, comissão técnica e elenco. Apesar do resultado positivo frente ao Brusque, os comandados de Marcelo Cabo ainda demonstram falhas e estão longe das atuações seguras aguardadas pela torcida. O panorama, inclusive, foi o mesmo dos triunfos sobre Brasil de Pelotas e CRB, quando o time "venceu, mas não convenceu".

Em recente pronunciamento à imprensa, antes da partida do último fim de semana, o diretor-executivo Alexandre Pássaro apontou que o "bloco dos próximos quatro, cinco jogos" será de extrema importância para que a equipe encontre equilíbrio na competição e possa engrenar.

"O que a gente tem entendido é que o Vasco não tem uma sequência de bons resultados, ainda não conseguimos essa sequência importante, para se fixar de vez nesta tabela, mas, por outro lado, não tem tido uma sequência de resultados negativos, que evidenciaria ainda mais um cenário catastrófico. Embora os resultados de momento não estejam coincidentes com o que devemos fazer como Vasco, e também com a expectativa e necessidade de todo, temos de entender que o que passou foi 1/7 do campeonato, e que o Vasco, embora, abaixo da expectativa, está a três pontos do G4 e agora, nos próximos quatro jogos, temos três em casa, e esperamos que nestes quatro jogos faça com quantidade de pontos suficiente para apagar esse começo ruim", disse, na última sexta-feira.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X VASCO

Competição: Campeonato Brasileiro Série B
Local: Hailé Pinheiro, em Goiania (GO)
Dia: 30 de junho de 2021, terça-feira
Horário: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

Goiás: Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Caio Vinícius, Breno, Luan Dias e Élvis; Alef Manga e Bruno Mezenga. Técnico: Pintado

Vasco: Lucão, Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e MT; Andrey, Galarza, Morato e Sarrafiore; Marquinhos Gabriel e Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo

Vasco faz último treino antes de duelo contra o Goiás no Serrinha