PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

Vasco vence Goiás nos pênaltis com brilho de F. Miguel e avança na Copa BR

Jogadores do Vasco comemoram classificação na Copa do Brasil após disputa de pênaltis contra o Goiás - Heber Gomes/AGIF
Jogadores do Vasco comemoram classificação na Copa do Brasil após disputa de pênaltis contra o Goiás Imagem: Heber Gomes/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/08/2020 23h39

Classificação e Jogos

Num jogo emocionante no estádio da Serrinha (GO), o Vasco venceu o Goiás por 2 a 1 no tempo normal, levou a decisão para as penalidades e, nas cobranças, superou os goianos por 3 a 2, avançando para a quarta fase da Copa do Brasil. Fernando Miguel brilhou pegando dois pênaltis.

Os gols da partida durante os 90 minutos foram marcados por Rafael Vaz, para os goianos, e Henrique e Martín Benítez, para os cariocas.

O chaveamento da quarta fase será realizado através de sorteio pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Benítez comanda o meio de campo

Martins Benitez comemora seu gol, marcado contra o Goiás, abraçando Yago Pikachu - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O argentino se destaca cada vez mais no Vasco. Confiante, ele comandou as ações no meio de campo e, de quebra, fez seu primeiro gol em partidas oficiais com a camisa cruz-maltina.

Goleiros se destacam

Tanto Fernando Miguel, do Vasco, quanto Tadeu, do Goiás, fizeram grandes defesas ao longo da partida e ajudaram suas equipes.

Talles apagado

Talles Magno segue seu calvário após o retorno da lesão no pé esquerdo. No início do primeiro tempo, até fez um bom chute para boa defesa de Tadeu, porém mais uma vez perdeu muitas bolas e ainda teve a infelicidade de desviar errado no gol de Rafael Vaz, para o Goiás. Acabou sendo substituído no segundo tempo por Bruno César.

Primeiro gol de Henrique

Jogadores do Vasco comemoram gol marcado por Henrique, contra o Goiás, na Copa do Brasil - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

Após 164 partidas, Henrique, enfim, fez seu primeiro gol no profissional do Vasco, onde está desde 2013. Ele aconteceu aos 32 minutos do primeiro tempo, quando o lateral foi à linha de fundo, cruzou, a bola desviou, bateu no goleiro Tadeu, na trave e entrou.

Que boca, Luis Roberto!

Na transmissão da TV Globo, o narrador Luis Roberto havia acabado de dizer que Henrique nunca havia feito um gol no profissional quando a jogada teve sequência, o lateral fez o cruzamento e ele balançou a rede do Goiás.

Lei do ex!

Rafael Vaz comemora gol marcado contra o Vasco, em jogo válido pela Copa do Brasil - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O empate do Goiás aconteceu aos 43 minutos do primeiro tempo, após um bate e rebate no escanteio onde Talles Magno desviou errado e a bola sobrou para Rafael Vaz, ex-zagueiro do Vasco, empurrar para dentro e fazer valer a famosa "Lei do Ex".

Mais um gol com desvio

Logo no início do segundo tempo, Benítez recebeu na intermediária e arriscou o chute. Novamente a bola desviou na defesa do Goiás, encobriu o goleiro Tadeu e recolocou o Vasco na frente do placar.

Bruno Gomes testa positivo para Covid-19

O volante Bruno Gomes foi cortado da relação para o jogo de hoje em função de ter testado positivo para a Covid-19. Ele terá que cumprir a quarentena de dez dias.

Torcida virtual do Goiás

O estádio da Serrinha disponibilizou dois telões onde torcedores do Goiás apareciam acompanhando a partida de maneira virtual.

A chegada do Vasco ao estádio

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1 (2) X (3) 2 VASCO

Local: Serrinha, em Goiânia (GO)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Ricardo Junio de Souza (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG)
Cartões amarelos: Rafael Moura, Fábio Sanches (GOI); Andrey, Yago Pikachu (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Henrique (VAS), aos 32 minutos do primeiro tempo; Rafael Vaz (GOI), aos 43 minutos do primeiro tempo; Benítez (VAS), aos 4 minutos do segundo tempo

Goiás: Tadeu; Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz, Jefferson; Gilberto (Ratinho), Sandro (David Duarte), Daniel Bessa; Keko; Rafael Moura e Victor Andrade (Marcinho). Técnico: Thiago Larghi.

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Fellipe Bastos (Carlinhos) e Benítez; Vinícius (Guilherme Parede), Talles Magno (Bruno César) e Germán Cano. Técnico: Ramon Menezes