PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Após se oferecer ao Cruzeiro, Rhodolfo fica perto de acertar com a Raposa

Rhodolfo deixou o Coritiba em fevereiro e desde então procura outro clube para jogar - Divulgação/Coritiba
Rhodolfo deixou o Coritiba em fevereiro e desde então procura outro clube para jogar Imagem: Divulgação/Coritiba

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

25/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Cruzeiro sabe que nos próximos dias deve sofrer mais uma punição da Fifa, um novo impedimento de registros de atletas — por dívida com o Defensor Sporting (URU) —, e por isso acelera o trabalho de contratações. Após confirmar recentemente Wellington Nem, Norberto, Jean Victor e Keké, o próximo nome na mira é o do zagueiro Rhodolfo, de 34 anos, que está sem clube desde que deixou o Coritiba, em fevereiro.

O nome de Rhodolfo não é novidade no departamento de futebol do Cruzeiro. Quando já estava sem clube, no fim de abril, segundo apurou o UOL Esporte, o jogador se ofereceu para jogar na Raposa. E isso aconteceu em uma conversa do próprio defensor com o então diretor de futebol celeste, André Mazzuco. Naquela ocasião o negócio não andou, mas agora pode tomar rumos diferentes.

Sem dinheiro, com dificuldade de pagar despesas básicas como o salário — de funcionários e atletas —, o Cruzeiro perdeu muita força no mercado da bola. Tanto que faz algumas contratações mirando jogadores emergentes ou em fim de carreira, como o caso de Rhodolfo.

Porém, como tem a necessidade de encorpar o elenco com atletas mais "cascudos" e com a "cara da Série B", o Cruzeiro aposta tudo o que pode para tentar o acesso no fim da temporada. Além disso tudo, outra coisa que atrapalha é o relacionamento ruim do presidente Sérgio Santos Rodrigues com agentes. Essa situação também afastou os empresários mais influentes do clube, o que dificulta ainda mais na contratação de jovens promessas.

Rhodolfo deve chegar a Belo Horizonte nos próximos dias para realizar exames e, se aprovado, assinar contrato pelo menos até o fim da Série B deste ano. Com a camisa do Coritiba o zagueiro realizou 30 jogos e fez três gols. Por questões financeiras, o jogador deixou o Coxa, já que o seu salário estava incompatível com a realidade da equipe.

Experiente, Rhodolfo vestiu grandes camisas no futebol nacional, como Athletico-PR, São Paulo, Grêmio e Flamengo. Fora do país, passou pelo Besiktas, da Turquia.

Cruzeiro