PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Moreno chama atenção do Cruzeiro de longe após ser ignorado por Conceição

Marcelo Moreno tem seis gols nas Eliminatórias da Copa de 2022 e é o artilheiro da competição - AIZAR RALDES/AFP
Marcelo Moreno tem seis gols nas Eliminatórias da Copa de 2022 e é o artilheiro da competição Imagem: AIZAR RALDES/AFP

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

11/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Cruzeiro ocupa a lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro e enquanto busca melhorar sua performance por mais protagonismo e resultados positivos na competição, vê de longe um de seus jogadores brilhar com outra camisa. O atacante Marcelo Moreno, uma das referências ofensivas da seleção boliviana, é hoje o artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Entretanto, o camisa 9, que perdeu espaço completamente com o técnico Felipe Conceição — demitido ontem — pode voltar a ser figura importante no clube com o novo treinador. Mozart, ex-Chapecoense e CSA, está em Minas Gerais para assinar contrato com a equipe estrelada.

Com seis gols em seis jogos — média de um por partida —, Moreno balançou as redes contra adversários importantes, como a Argentina, Equador, Paraguai, Chile e duas vezes contra a Venezuela. Mas na Toca da Raposa II está escanteado pelo treinador.

Há quase dois meses Marcelo Moreno não atua pelo Cruzeiro. A última vez foi contra o Pouso Alegre, na 10ª rodada do Campeonato Mineiro, em 18 de abril. O nome do atacante, segundo informações de bastidores, foi comentado em clubes do Chile, e, agora, a imprensa argentina comenta que o centroavante está na mira do Boca Juniors. A informação foi dada pelo jornalista Augusto Cesar, da ESPN argentina.

"Contamos no #ESPNF12 que Marcelo Moreno Martins é outro dos atacantes que o Conselho do Boca gosta. O artilheiro da Seleção Boliviana está atualmente no Cruzeiro. Ele tem 33 anos. Mais um nome na pesquisa por 9", publicou em sua conta oficial no Twitter.

Moreno está com a seleção da Bolívia desde o dia 22 de maio e seu retorno ao Cruzeiro apenas no fim de julho. Com tanto tempo a serviço de seu país, Moreno ficou indisponível nos jogos da terceira fase da Copa do Brasil contra a Juazeirense, e na Série B contra Confiança e CRB, até aqui. Ele já está fora também dos compromissos com o Goiás, Ponte Preta, Operário, Vasco da Gama, CSA e Guarani. E se a Bolívia avançar de fase na Copa América o jogador aumentará ainda mais sua ausência no Cruzeiro.

Em uma de suas últimas entrevistas antes de se apresentar à seleção de seu país, Moreno ressaltou o desejo de ajudar o Cruzeiro neste momento difícil da história do clube.

"Eu larguei um contrato milionário na China, para estar no pior momento da história do Cruzeiro, e eu estou aqui. Baixei meu salário e estou aqui. Então, o dia que eu for sair é porque realmente alguém do Cruzeiro não me quer mais. Estou à disposição do treinador, da diretoria, e principalmente do torcedor para fazer o meu trabalho como sempre fiz aqui no Cruzeiro. Então, essa decisão acho que não é minha, eu sou um funcionário, vou continuar sendo profissional, vou trabalhar até o final", disse à TV Globo no fim de maio.

Marcelo Moreno está em sua terceira passagem pelo Cruzeiro [2007-2008 / 2014 e 2020-2021]. Desde o ano passado já são 37 jogos e quatro gols. Em 2021 foram apenas cinco partidas e um gol. No geral, o boliviano vestiu o uniforme estrelado 130 vezes, com 49 bolas na rede.

Cruzeiro