PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG honra o nome de Minas, vence o Remo e avança na Copa do Brasil

Hulk, uma das estrelas do Galo na temporada, marcou o seu décimo gol nos últimos doze jogos pelo clube - Divulgação/Mineirão
Hulk, uma das estrelas do Galo na temporada, marcou o seu décimo gol nos últimos doze jogos pelo clube Imagem: Divulgação/Mineirão

Do UOL, em Belo Horizonte

10/06/2021 20h51

Classificação e Jogos

Único time de Minas Gerais classificado às oitavas de final da Copa do Brasil, o Atlético-MG honrou a letra de seu hino e fez o que seus rivais, Cruzeiro e América-MG, não conseguiram: passar da terceira fase. Na noite de hoje (10), o Galo bateu o Remo por 2 a 1, garantiu R$ 2,7 milhões para seus cofres e segue em busca do segundo título na competição. Os gols do jogo foram marcados por Réver e Hulk, para os mineiros, com Romércio fazendo o de honra para o time de Belém.

Foi a segunda vitória atleticana em cima da equipe paraense. Na semana passada, no jogo de ida, o Galo já havia vencido por 2 a 0. Os dois triunfos somaram um placar agregado de 4 a 1 favorável ao time de Belo Horizonte.

Virando a chave

Agora o Galo fixa suas atenções no jogo do fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. Na terceira rodada da competição, o time de Cuca enfrentará o São Paulo, no Mineirão, às 16h. Será o duelo da escola brasileira com a argentina, já que Hernán Crespo é o atual comandante do Tricolor Paulista.

O Atlético-MG é o nono colocado no Brasileirão, com três pontos em dois jogos, e o São Paulo é o 15º com apenas um ponto em duas partidas.

O jogo

O técnico Cuca teve desfalques importantes mais uma vez, já que alguns de seus titulares (Arana, Guga e Junior Alonso e Savarino) foram convocados para integrar os plantéis de suas respectivas seleções em datas reservadas pela Fifa. Outros atletas que são opções no banco (Alan Franco e Eduardo Vargas) também estiveram fora a serviço de seus países.

A ausência desses atletas não foi problema para Cuca, que escalou o que tinha de melhor em mãos e conseguiu a segunda vitória em cima do time paraense. O Galo controlou bem a partida, venceu com méritos, e em nenhum momento viu sua classificação ameaçada. O que aconteceu foram sustos, com um gol do Remo ao fim do primeiro tempo e um pênalti na segunda etapa, que Everson impediu o gol de Felipe Gedoz.

Quem foi bem: Nacho Fernández

Um coringa absoluto do Atlético-MG. Se movimenta muito e ocupa bastante a faixa central do campo, atuando pelos lados, no meio, municiando os companheiros no ataque e também aparecendo como elemento surpresa.

Quem foi mal: Rafael Jansen

Cometeu pênalti infantil em Réver no segundo tempo, além de falhas defensivas que proporcionaram lances de ataque do Galo.

Festival de bolas na trave

O Remo escapou de levar muitos gols no primeiro tempo, e isso só não aconteceu por intervenção da trave. Foram três bolas que acertaram a baliza esquerda do goleiro Vinícius, uma com Keno, outra Thiago Ennes, que quase jogou contra o próprio patrimônio, e Nacho, que também carimbou o travessão. Sorte do time paraense.

Cronologia do jogo

Aos 9 minutos do primeiro tempo, Réver aproveitou cobrança de escanteio de Hyoran e, no primeiro pau, desviou de cabeça, para trás, balançando as redes do goleiro Vinícius: 1 a 0.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, Romércio aproveitou a saída de bola ruim do Atlético-MG, pegou a sobra na frente da área e mandou um foguete no ângulo do goleiro Everson: 1 a 1

Aos 4 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou pênalti de Rafael Jansen em Réver.

Aos 6 minutos do segundo tempo, Hulk aumentou a contagem para o Galo em batida de pênalti: 2 a 1.

Aos 29 minutos do segundo tempo, a bola bate na mão de Jair dentro da área do Galo e o juiz marca pênalti para o Remo.

Aos 30 minutos, Everson defende a cobrança penal de Felipe Gedoz.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 REMO-PA

Motivo: Jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Data e Horário: 10 de junho de 2021, às 19h (de Brasília)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Gols: Réver (9' 1ºT), Romércio (44' 1ºT), Hulk (6' 2ºT)
Cartão amarelo: Não houve
Cartão vermelho: Não houve

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Réver, Gabriel e Dodô; Allan (Jair), Tchê Tchê e Nacho (Sávio); Keno (Marrony), Hyoran (Nathan) e Hulk (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.

REMO-PA: Vinícius; Thiago Ennes (Wellington Silva), Romércio, Rafael Jansen e Igor Fernandes (Marlon); Anderson Uchôa (Arthur), Lucas Siqueira, Felipe Gedoz; Jefferson (Gabriel Lima), Renan Gorne (Edson Cariús) e Dioguinho. Técnico: Paulo Bonamigo.

Atlético-MG