PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Herói na Libertadores, Caio Paulista prometeu à mãe que brilharia no Flu

Caio Paulista foi heroi do Fluminense na Libertadores e cumpriu promessa feita à mãe - Lucas Merçon/Fluminense FC
Caio Paulista foi heroi do Fluminense na Libertadores e cumpriu promessa feita à mãe Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

14/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Quando recebeu lindo passe de Cazares, matou com estilo e levantou a cabeça, Caio Paulista não viu só Castellanos, goleiro do Independiente Santa Fe-COL. O atacante de 23 anos também tinha na cabeça uma promessa feita à sua mãe, dona Cíntia: voltaria ao Fluminense para brilhar. E ao marcar o gol da virada do Tricolor na Libertadores, ele cumpriu com suas palavras.

Dispensado de Xerém por deficiência técnica, Caio rodou por Ceará e Avaí até se destacar no Brasileirão em 2019, mesmo com o rebaixamento da equipe catarinense à Série B. Com muitas propostas na mesa no mercado da bola, ele recusou salários mais altos e oportunidades de ser titular em outras equipes para voltar ao Flu, onde queria mostrar que era capaz de ser útil.

"Quando cheguei aqui na base, não tive tanta sequência porque tinham jogadores na minha frente, que estavam muito bem. Eu saí porque deixei a desejar em algum momento, não estava à altura dos outros meninos. Eu falei para minha mãe um dia que voltaria e faria diferente. Ia brilhar. Quando meu empresário apresentou o nome do Fluminense, eu nem quis ouvir as outras e disse "é para lá que eu vou", declarou, em sua apresentação no clube.

Caio Paulista comemora com Roger Machado após marcar o gol da virada do Fluminense na Libertadores - Lucas Merçon/Fluminense FC - Lucas Merçon/Fluminense FC
Caio Paulista comemora com Roger Machado após marcar o gol da virada do Fluminense na Libertadores
Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Com direitos econômicos ligados à Tombense, time ligado a seu emprésario Eduardo Uram, o jovem chegou de graça ao Tricolor e recebeu muitas críticas em sua primeira temporada. Se levantou com assistências e gols importantes na campanha que trouxe o Fluminense de volta à Libertadores após oito anos.

Nas três vezes que balançou as redes, deu pontos cruciais ao clube das Laranjeiras em confrontos diretos contra Atlético-MG e Internacional e em empate em má atuação contra o Coritiba, nos acréscimos.

Caio Paulista marcou o gol da vitória do Fluminense sobre o Internacional - Mailson Santana/Fluminense FC - Mailson Santana/Fluminense FC
Caio Paulista marcou o gol da vitória do Fluminense sobre o Internacional no Brasileirão
Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Decisivo apesar das contestações dos torcedores, que hoje afirmam que "nunca o criticaram", garantiu mais um ano de renovação de seu empréstimo, mais uma vez sem custos. E mesmo no fim da fila de opções para a ponta, não estremeceu.

Elogiado por todos no clube como um exemplo de comprometimento nos treinos, Caio Paulista não viu, mas sabe que os tricolores torceram o nariz quando a placa subiu com seu número, o 17, em substituição à Kayky, o 37. Mas tampouco se preocupou.

Mais uma vez, como em todos os jogos em 2021, entrou bem e melhorou o time com velocidade, força, obediência tática e, ontem, com um belo gol e promessa cumprida para dona Cíntia. A finalização, inclusive, é demonstração de sua evolução técnica desde que chegou ao clube.

"Eu já vinha conversando com o Cazares e combinando essa jogada. Ele disse que quando recebesse a bola e girasse era para eu partir que ele ia me dar a bola. Graças a Deus ele acertou um lindo passe e eu fui feliz no domínio e na finalização", disse, ao site oficial do clube.

Herói, virou meme nas redes sociais do Fluminense, e recebeu o carinho do torcedor. Foi eleito o craque da partida em votação popular no perfil oficial do clube no Twitter, onde recebeu muitos elogios.

"Fiquei muito feliz com toda essa repercussão. Vi que postaram uma foto minha de juliet (óculos escuros) nas redes oficiais do clube, foi muito bacana e fiquei muito feliz [risos]. Recebi muitas mensagens", finalizou o atacante.

Fluminense