PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Menon: "Fato cruel: Cruzeiro é a terceira força de Minas Gerais"

Do UOL, em São Paulo

10/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O martírio do Cruzeiro parece estar longe do fim. O clube, que não conseguiu voltar para a primeira divisão do Brasileiro, amargou mais uma decepção neste domingo (9) ao perder por 3 a 1 para o América-MG no Independência. Com o resultado, o Coelho disputa a final do Campeonato Mineiro com o Atlético, que eliminou o Tombense no sábado.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Renato Maurício Prado, Menon e Rodrigo Mattos - a péssima fase do Cruzeiro foi motivo de discussão, e os comentaristas lamentaram o atual momento da Raposa.

"É um fato cruel: o Cruzeiro é a terceira força de Minas. Está na Série B e não chegou na final do Mineiro. Tudo demonstra que a recuperação do Cruzeiro será dolorida. Vai ser difícil se recuperar do que fizeram com ele.", disse Menon.

Em 2020, o Cruzeiro disputou a Série B do Brasileiro e terminou em 11º lugar. O time perdeu seis pontos na competição, em punição imposta pela Fifa após o clube não pagar ao Al-Wahda pela contratação do volante Denílson. No Mineiro, a equipe foi eliminada ainda na primeira fase. Em 2021, as coisas parecem ter mudado pouco.

Para Mattos, os dias difíceis parecem longe do fim na Toca da Raposa. "No América, há uma percepção de que eles podem tomar o espaço que o Cruzeiro está deixando. O Cruzeiro foi destruído pela gestão anterior. A torcida é vítima, mas embarcou na história e foi ingênua ao acreditar que aquilo era uma realidade, gastando um dinheiro que não existia. Vai ser muito difícil. A dívida é de quase 1 bilhão, o cube está na Série B. O América está em um estágio superior ao do Cruzeiro", avaliou.

Atlético x América: quem é favorito?

Menon considera o Atlético como maior candidato ao título mineiro. "Vejo o Galo como grande favorito. Já passou aquela turbulência inicial. Sempre que o Cuca chega a um clube tem isso. O Hulk virou titular, fazendo muitos gols. Está se acertando", disse, lembrando que o time parece ter superado os problemas vistos no começo da temporada.

Renato concorda. "Acho que o Galo é favorito, mas é como no Fla-Flu. O América do Lisca não é galinha morta. Pode dar zebra. O América é mais bem armado do que o Atlético. O Hulk começou a fazer gol de tudo quanto é jeito. Não me surpreenderia ver o América montado numa zebra", opinou.

Embora veja uma evolução na equipe, Mattos considera que o Atlético ainda tem pontos para corrigir. "Tem tanto jogador no elenco que você até esquece que ele estava no elenco. O Cuca vai ter dificuldade de achar o time. Contra o Cerro Porteño foi bem acertadinho. Quando toma contra-ataque, não é como o Sampaoli, mas ainda tem problemas sérios, principalmente quando joga o Tchê Tchê, que deixa o time mais aberto", finalizou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol