PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mauro: Palmeiras começou a vender narrativa sem sentido sobre o Paulista

Do UOL, em São Paulo

06/05/2021 14h27

Classificação e Jogos

Palmeiras e Santos se enfrentam hoje, às 21h, no Allianz Parque em clássico que pode definir a eliminação de um dos clubes no Campeonato Paulista, ou mesmo dos dois no caso de empate combinado de uma vitória do Novorizontino diante do Botafogo-SP. Dois dias depois de os times estarem em campo, os técnicos não devem mandar a campo seus principais jogadores, como sinalizou Abel Ferreira depois da vitória diante do Defensa y Justicia, na Argentina.

No UOL News Esporte, com Domitila Becker, Mauro Cezar Pereira analisa a situação dos dois clubes e vê o Palmeiras já abrindo mão do estadual, mas com uma mudança de narrativa que não faz sentido, pelo fato de o presidente Mauricio Galiotte não ter declarado antes que a ideia seria utilizar o Campeonato Paulista como pré-temporada, da forma como fez no momento em que a classificação ficou mais difícil.

"O Palmeiras mesmo meio que está jogando a toalha, até começou a vender uma narrativa, para mim, absolutamente sem sentido de que 'estamos usando o campeonato como pré-temporada'. Quem faz isso avisa no começo, 'olha, eu não vou ligar para o Campeonato Paulista, para mim é pré-temporada, vou colocar reservas'. Nenhum clube grande falará isso, anunciará isso no começo do torneio, porque isso vai contra os interesses de quem compra os direitos de transmissão e contra os interesses da federação", diz Mauro Cezar.

"Agora que o time estava perto de uma eliminação, aí o presidente do clube manda essa. O torcedor do Palmeiras, duvido que acredite nessa conversa, o time vem mal no Campeonato Paulista, esse é o fato. Ainda tem a chance de se classificar, mas o técnico parece disposto, o Abel Ferreira, a colocar um time reserva porque prioriza a Libertadores. Ok, é uma opção, acho que nesse cenário até faz sentido porque a classificação não depende só do Palmeiras", completa.

O jornalista vê a situação do Santos como pior devido ao início ruim na Libertadores, com derrotas para o Barcelona de Guayaquil na Vila Belmiro e para o Boca Juniors em Buenos Aires, além do período sem treinador com a indefinição após a saída de Ariel Holan.

"O Santos ainda tem uma chance de se classificar, mas se complicou na Libertadores, o Palmeiras não, está vencendo todos os seus jogos no torneio internacional e aí tem que fazer escolhas, mas o Santos nem técnico tem no momento, tem um interino, então o Santos tem problemas mais sérios até do que uma possível eliminação do Campeonato Paulista", diz Mauro.

"O Santos terá que buscar resultados jogando contra o Barcelona fora de casa, porque perdeu para o time equatoriano na Vila Belmiro, esse é o problema, então o The Strongest deve perder para todo mundo nos jogos fora de casa e aí não faz diferença, não é fiel da balança, a tendência é essa, aí o confronto decisivo pode ser esse, além de ter o Boca, que vai enfrentar o Boca em casa tendo que pontuar, o ideal para o Santos é o Boca vencer todos os jogos e ele bater de frente com o Barcelona e conseguir recuperar depois de perder em casa na primeira rodada", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol