PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Marcos compara gol de Breno Lopes com a 'emoção de 99' na Libertadores

Marcos se emociona ao falar sobre título da Libertadores: "Mesma emoção de 99" - Instagram
Marcos se emociona ao falar sobre título da Libertadores: 'Mesma emoção de 99' Imagem: Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/04/2021 18h53

O goleiro Marcos foi um dos personagens escolhidos para a série 'Obsessão', do The Players' Tribune Football, que conta a história do título do Palmeiras na Libertadores da América de 2020.

Durante o seu depoimento, o ex-goleiro do clube paulista se emocionou e comparou a emoção do gol de Breno Lopes, responsável pelo gol do bicampeonato, com a mesma que sentiu no título de 1999.

"Foi bom demais. Eu vou te falar a verdade, no momento a emoção do gol do Breno Lopes veio a mesma emoção do pênalti do Zapata indo para fora, foi igualzinha. Ali na minha casa, não tinha para onde correr. Mas, a emoção para mim foi a mesma coisa", disse ele.

Ao recordar o instante em que Breno acertou as redes do Santos, o ídolo do Palmeiras disse que soltou um 'grito da alma' e a 'vista escureceu'.

"Eu dei um grito, levantei do sofá, minha vista escureceu. Aquele grito que saí da alma. Olhei para meu sobrinho e falei 'foi gol'. Saímos pulando e comemorando", finalizou.

Marcos era o goleiro do Palmeiras na conquista do título do torneio da Conmebol em 1999. O lance citado pelo ex-atleta foi o último pênalti cobrado pelo colombiano Zapata, do Deportivo Cali. Ao perder a penalidade, o time do Palestra Itália conquistou a América pela primeira vez.

Palmeiras