PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Diego Alves volta após ano agitado e mira glórias no Fla: "era de vitórias"

Diego Alves durante treino do Flamengo no Ninho do Urubu - Alexandre Vidal/Flamengo
Diego Alves durante treino do Flamengo no Ninho do Urubu Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Entre taças e dramas, Diego Alves encerrou o ano de 2020 agitado e inicia a nova temporada com ânimo renovado no Flamengo. De volta ao time na vitória por 3 a 0 sobre o Bangu, o goleiro encerrou um período de 57 dias longe dos campos.

Das arquibancadas dos estádios Brasil afora, o rubro-negro, que conviveu com lesões na coxa e no ombro, acompanhou o time na reta final da campanha que culminou no octacampeonato do Brasileirão. Sem nunca perder a voz ativa entre os colegas, sofreu como um torcedor e espera seguir escrevendo seu nome em uma página que já é histórica no clube.

"Tive de passar momentos importantes do Brasileiro vendo da arquibancada, mas confiando sempre no time e isso fez com que desse certo. Foram quatro títulos em 2020 e sei que esse vai ser um ano muito importante para o clube. Tenho muito a demonstrar pelo Flamengo. Acho que podemos continuar nessa era de vitórias e conquistas", disse ao UOL Esporte.

Com sete troféus pelo Rubro-Negro, Diego chegou à Gávea para resolver um problema crônico no gol. As boas atuações e voltas olímpicas garantiram um lugar no coração do torcedor, mas não foram suficientes para minimizar as dificuldades vividas em 2020. Se em 2019, ele entrou em campo 62 vezes, as lesões impediram que o camisa 1 não passasse das 29 partidas na última temporada.

"Sempre que você está machucado é difícil de controlar a ansiedade. Mas em vez de transformar a lesão em um momento triste, transformei a lesão em um momento de superação. Foi a escolha certa. Me sinto bem e apto para jogar e isso se no campo. Tenho certeza e a confiança de que vai ser uma temporada muito boa, uma temporada em que a gente pode ser tri do Brasileiro e ganhar outras competições", acrescentou Diego Alves, que projetou:

"Não temos escolha, você veste essa camisa pensando em títulos. O objetivo esse ano vai ser conquistar todos os títulos possíveis".

Diego Alves - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Com o contrato renovado até o fim de 2021, Diego está mais tranquilo após uma negociação que se arrastou por meses e que quase terminou sem um final feliz. Para alívio do camisa 1, o casamento segue firme e ele crê que ainda haverá muitas razões para comemorar.

Com o atleta em campo, o Flamengo segue a sua saga rumo ao terceiro título consecutivo do Carioca. Na segunda (5), o time encara o Madureira, às 21h, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No dia 11, os rubro-negros pegam o Palmeiras, em Brasília, pela Supercopa, jogo que pode marcar o início de um novo capítulo dessa era de vitórias sonhada pelo jogador e por todo rubro-negro.

Flamengo