PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Klein: "É o melhor ano do Palmeiras na era do futebol moderno"

Do UOL, em São Paulo

07/03/2021 21h50

A conquista da Copa do Brasil coroou uma temporada vitoriosa para o Palmeiras. O título deste domingo, confirmado com a vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio no Allianz Parque, e as taças do Paulistão e da Libertadores deixam o trabalho do treinador Abel Ferreira, o bom desempenho dos garotos da base e o planejamento da diretoria em evidência. É possível esperar um 2021 tão vitorioso para o clube alviverde?

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte —com os jornalistas Isabela Labate, Alícia Klein, José Trajano e Ricardo Perrone—, o trabalho desenvolvido pelo Palmeiras ao longo da última temporada foi analisado. As opiniões foram unânimes: o torcedor tem motivos para manter o otimismo.

"O Palmeiras assustou um pouco a torcida e levantou críticas no auge do calendário maluco, mas mostrou por que foi campeão da Libertadores e teve uma campanha tão fantástica e ganhou três títulos. É possível dizer até que é o melhor ano do Palmeiras na era do futebol moderno", comentou Alicia.

Para Perrone, o estilo do técnico Abel Ferreira já faz a diferença no estilo de jogo do Palmeiras, como se viu na vitória deste domingo. "O Palmeiras esteve seguro todo o jogo. O Grêmio começou melhor, tentando abafar, mas o Palmeiras tem o contra-ataque mais letal do futebol brasileiro. Com dois ou três toques já saem na cara do gol adversário, com proporção grande de acerto. O Abel fez isso em muito pouco tempo. O trabalho do Abel está apenas começando. Há uma perspectiva muito otimista pela frente", analisou.

Na visão de Trajano, o Palmeiras foi superior ao Grêmio nas duas partidas da decisão e, por isso, mereceu levar a taça. "Ganhou o melhor. O Palmeiras só não teve 10 minutos de predomínio, que foram os dez minutos iniciais hoje. É um time mais estruturado e com melhores jogadores. Foi uma temporada gloriosa, de tirar o chapéu. Mostra que o Palmeiras tem um futuro muito grande e com um técnico jovem, que pode ter uma trajetória muito rica. Ganhou com categoria", elogiou.

Para Alicia, os palmeirenses podem esperar por um 2021 animador. "Foram dois jogos sem tomar conhecimento do Grêmio, mesmo quando ficou com um a menos no segundo tempo no primeiro jogo. Na segunda partida, o Weverton não trabalhou no primeiro tempo. É um time com muito repertório e muita garotada. Acho que a torcida tem muito a comemorar por 2020 e pelo que está por vir", completou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol