PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Camacho tem suspeita de covid e é cortado do clássico com o Palmeiras

Camacho em ação pelo Corinthians diante do Guaraní, pela Libertadores - Jorge Adorno/Reuters
Camacho em ação pelo Corinthians diante do Guaraní, pela Libertadores Imagem: Jorge Adorno/Reuters

Yago Rudá

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/03/2021 18h42

Classificação e Jogos

O Corinthians tem mais um caso suspeito de covid-19 em seu elenco. Hoje pela manhã, o volante Camacho queixou-se de incômodo, apresentou febre alta e foi imediatamente retirado do CT Joaquim Grava. O jogador já cumpre o isolamento social, já realizou o teste para a infecção pelo vírus e aguarda o resultado. Se o resultado for negativo, o meio-campista será reintegrado ao elenco.

O volante do Timão estava relacionado para o jogo de hoje contra o Palmeiras, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista. A princípio, Camacho seria opção no banco de reservas, mas nem sequer foi com a delegação para o estádio. O Corinthians confirmou a ausência do meio-campista assim que divulgou a escalação para o Dérbi.

O caso envolvendo Camacho acontece justamente um dia depois do clube confirmar o surto de covid em seu departamento de futebol. Ontem, o Corinthians divulgou que 19 pessoas, sendo oito jogadores e 11 funcionários, testaram positivo para a presença do vírus. Todos estão isolados, sendo monitorados pelos médicos do clube e passam bem.

Os jogadores infectados são: Cássio, Guilherme Vicentini, Fábio Santos, Fagner, Raul Gustavo, Gabriel, Ramiro e Cauê. Além deles, o meia-atacante Vitinho já havia testado positivo na semana passada e também está afastado. O diretor Roberto de Andrade, o gerente Alessandro, o auxiliar Batatais, o observador técnico Mauro da Silva e o analista e chefe do CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol) também estão infectados e afastados do trabalho.

Corinthians