PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Interino do São Paulo lamenta derrota e prevê "reencontro normal" com Ceni

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

23/02/2021 00h35

Classificação e Jogos

O técnico interino do São Paulo, Marcos Vizolli, lamentou a derrota por 1 a 0 para o Botafogo. Ele ainda fez uma análise sobre o reencontro com Rogério Ceni, na última rodada do Brasileirão, diante do Flamengo, nesta quinta (25), no Morumbi.

Questionado sobre a atuação, Marcos Vizolli apontou a atuação abaixo da média, a expulsão de Reinaldo e o pênalti perdido por Luciano como alguns dos fatores determinantes para o revés.

"[O] Torcedor do São Paulo [está] triste como estamos também. Depois de vitória contra o Grêmio, empate com o Palmeiras, sofremos uma derrota. Não fizemos o que tínhamos que fazer diante de uma equipe como o Botafogo. Infelizmente, não tivemos um resultado positivo", comentou o interino do clube, que ainda acrescentou:

"Se o torcedor são-paulino for observar, as nossas maiores dificuldades foram contra times que estavam em situações complicadas. Quem joga contra time já rebaixado e não tem retaguarda tão grande, esse time joga solto. Nós perdemos o Reinaldo aos 30 minutos, tentei uma mudança, não deu certo. A gente estava lutando para não tomar o gol, para mudar algumas peças, [o time] perdeu um pênalti em um momento decisivo da partida. Tomamos o gol, tivemos que mudar em cima, e o resultado foi o 1 a 0 para o Botafogo".

O encontro com Rogério Ceni também foi abordado pelo treinador interino. O técnico do Flamengo é ídolo no Morumbi, onde atuou como jogador e iniciou a atual carreira. Na quinta-feira (25), ele volta ao estádio para enfrentar o time e com a possibilidade de se sagrar campeão nacional.

"[É um] Encontro aparentemente normal, sem problema, sem muita polêmica. O que eu tenho que pensar nesse momento é no São Paulo Futebol Clube, uma camiseta pesada, de vários títulos. É importante para o Flamengo, mas muito mais importante para nós", declarou Vizolli.

Confira, abaixo, outros trechos da entrevista coletiva de Marcos Vizolli:

Transição com o trabalho de Crespo: "Em relação à transição, ela sempre vai existir com honestidade, calma e paciência para que ele possa entender o que tem em mãos".

Utilização de Rojas: "O Rojas pertence ao São Paulo, tem contrato com o São Paulo. Nós não conseguimos utilizá-lo antes por causa de um retorno, uma transição em campo que durou dois anos. Ele trabalhou, está de volta".

Escolhido para a lateral esquerda contra o Flamengo: "O Wellington esteve na transição da base para o profissional, é um atleta de seleção brasileira sub-20. Estamos até quinta-feira para pensar e ver uma fórmula melhor de atuar contra o Flamengo".

Como evitar desânimo do elenco: "É buscar a classificação contra o Flamengo. A gente pode estar entre os quatro finalistas de uma classificação para a Libertadores. Isso vai dar ânimo, um respiro maior, passa a ser outro desafio para a gente".

São Paulo