PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Luciano se desculpa com torcida: "inadmissível não termos chance de título"

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

19/02/2021 23h49

Luciano trata como inadmissível o fato de o São Paulo não lutar mais pelo título do Brasileirão após o empate por 1 a 1 com o Palmeiras, na noite de hoje (19), em partida adiada da 34ª rodada. O atacante cita que a equipe esteve sete pontos à frente na liderança do torneio e acabou deixando a posição escapar. Hoje, são seis de desvantagem para o líder Internacional.

Em entrevista ao fim do duelo, o autor do único gol do São Paulo no Choque-Rei se desculpou com os torcedores e reforçou que o time deveria chegar a esta altura do torneio com possibilidade de conquistar o título.

"Mais um gol, feliz pelo gol e triste pelo resultado. É até difícil tentar explicar para o torcedor o que aconteceu. É inadmissível a gente estar com sete pontos de vantagem e não ter mais chance de título. A única coisa é pedir desculpas", disse.

Ciente da impossibilidade de conquista, Luciano destaca a necessidade de terminar entre os quatro primeiros colocados, o que garantiria uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. Hoje, o Tricolor paulista ocupa a terceira posição, com 63 pontos, um a mais que o Atlético-MG, quarto colocado, e três de vantagem sobre o Fluminense, quinto. A duas rodadas do fim, o time precisa de quatro pontos mais para evitar que os adversários possam ultrapassá-lo.

"Agora é tentar o G4, para buscar Libertadores direto, porque nosso objetivo é esse", acrescentou o jogador.

São Paulo