PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Lavieri: Palmeiras teve Mundial ruim, mas não apaga feitos da temporada

Do UOL, em São Paulo

11/02/2021 22h11

Classificação e Jogos

Poucos dias depois de conquistar a segunda Libertadores de sua história, o Palmeiras fez uma campanha ruim no Mundial de Clubes, perdendo a semifinal para o Tigres e também a decisão do terceiro lugar para o Al Ahly, nos pênaltis. Isso causou muitas críticas ao trabalho de Abel Ferreira e ao futebol apresentado pelo time e, em alguns casos, até com certa desvalorização do título sul-americano pelo fato de a final não ter sido um grande jogo.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Isabella Ayami, Menon, Danilo Lavieri e André Rocha —, Lavieri afirma que a atuação do Palmeiras no Mundial foi ruim, a reação do técnico Abel Ferreira em entrevistas após seu time ser criticado também não foi boa, mas não se pode tirar os méritos do título conquistado na Libertadores após 21 anos.

"É uma cultura normal e já faz muito tempo que já é assim. Então acho que o Abel está tendo um pouco de dificuldade de aceitar essa realidade. Há pouco tempo, ele não se incomodava tanto com as perguntas e agora, acho que até pelo time do Palmeiras ter entrado um pouco nos holofotes desde a chegada dele, começou a ser alvo de mais críticas e mais observações, algo completamente natural, e ele não reagiu tão bem como estava reagindo antes, quando era só elogios", afirma Lavieri.

"Também, muitas vezes, as pessoas ajudam, porque uma coisa é falar que foi um péssimo futebol no Mundial, pode ser chamado de vexame, dependendo do ponto de vista, mas isso não apaga as outras conquistas e a gente viu nos últimos dias as pessoas minimizando as conquistas recentes do Palmeiras pelo fracasso no Mundial. Então acho que tem um pouco de tudo, é uma mistura grande, mas em geral a atuação não só do Abel, do time em geral mesmo, nesse Mundial foi muito abaixo do que eu esperava", completa.

Na análise das atuações do Palmeiras no Mundial, Lavieri faz uma separação em relação à final da Libertadores, pelo fato de ser um jogo decisivo, contra um rival, circunstâncias diferentes da encarada pela equipe de Abel Ferreira em Doha, que foi decepcionante em sua visão.

"Nesse Mundial, de fato, eu acho que a atuação do Palmeiras como um todo foi muito abaixo do que a gente esperava. Na final da Libertadores já tinha sido um pouco abaixo, mas aí entra o fator decisão e nem toda decisão é tão bem jogada, nem toda decisão é sempre feita entre os dois melhores times. É normal que isso aconteça no futebol, então, eu acho que a final a gente pode deixar em outro patamar", diz o jornalista.

"Mas na análise do trabalho do Abel como um todo nesse Mundial, eu acho que foi ruim. No jogo contra o Tigres [semifinal], eu já não tinha entendido a saída do Danilo que, para mim, era o único meio-campista que estava funcionando e hoje, de novo, ele [Abel] demorou bastante, ele oscilou bastante em relação à crítica ao Luxemburgo. Há 10 dias ele estava dando crédito ao Luxemburgo pelo título", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol