PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Gabigol e Ceni se abraçam em triunfo do Flamengo sobre o Grêmio após rusgas

Técnico Rogério Ceni abraça Gabigol em vitória do Flamengo sobre o Grêmio - Reprodução / Premiere
Técnico Rogério Ceni abraça Gabigol em vitória do Flamengo sobre o Grêmio Imagem: Reprodução / Premiere

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

28/01/2021 22h21

Protagonistas de uma recente polêmica no Flamengo, o técnico Rogério Ceni e o atacante Gabigol se abraçaram na celebração do gol do Isla, o quarto do Rubro-Negro na vitória por 4 a 2 sobre o Grêmio, na noite de hoje (28), em Porto Alegre. O triunfo deixou a equipe da Gávea ir a 58 pontos, quatro atrás do líder Internacional, mantendo-se viva na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

A cena chama atenção pelo contexto. Na derrota contra o Athletico-PR, Gabigol foi substituído e não gostou muito, tendo uma conversa com o treinador ainda à beira do gramado. Posteriormente, Ceni afirmou que deu razão à reclamação do camisa 9.

"O Gabriel saiu reclamando porque deu muitas opções, mas não recebeu as bolas. E eu até dei razão a ele. Realmente, tivemos chances, com Vitinho e com o Everton, de dar para ele, mas ele não conseguiu receber a bola. Depois, optamos por um jogador mais de referência, que é o Pedro, para proteger e esperar a chegada dos jogadores de meio", disse, na ocasião.

Gabigol, inclusive, foi substituído em todas as partidas em que foi titular sob o comando de Ceni. Contra o Grêmio não foi diferente. Porém, foi nos minutos finais, depois de ter se tornado o grande nome do jogo, com um gol e duas assistências.

A

Flamengo