PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Real Madrid soma cinco quedas no século contra times da 3ª divisão

Isco em ação durante a partida entre Alcoyano e Real Madrid, pela Copa do Rei - Getty Images
Isco em ação durante a partida entre Alcoyano e Real Madrid, pela Copa do Rei Imagem: Getty Images

Rafael Serra

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/01/2021 04h00

O Real Madrid se despediu precocemente da Copa do Rei ao ser derrotado, ontem (20), por 2 a 1, pelo Alcoyano, equipe que disputa a Segunda B, equivalente à terceira divisão espanhola. A eliminação madridista foi a primeira do clube na terceira fase da competição desde a temporada 2015/16, quando o carrasco da vez foi o Cádiz, que se beneficiou da escalação irregular do russo Denis Cheryshev e avançou às oitavas de final. Curiosamente, esta também havia sido a última queda da equipe merengue contra equipes da terceira divisão local. Isso, porém, já havia acontecido outras três vezes neste século.

A primeira delas foi na temporada 2000-01*. Vigente campeão europeu e recém-eleito pela Fifa como "Melhor clube do século XX", o Real Madrid de Del Bosque acabou eliminado na segunda fase da competição pelo Toledo, por 2 a 1. Os Merengues acabaram vingados por outra equipe da capital já na fase seguinte. O Rayo Vallecano eliminou os Verdes por 1 a 0.

Oito anos depois, treinado por Bernd Schuster, a equipe merengue foi eliminada do torneio mata-mata em um duelo de ida e volta contra o Real Unión, da cidade basca de Irún. Após perder na ida, fora de casa, por 3 a 2, os titulares do Real venciam por 4 a 2 no Bernabéu, com direito a um hat-trick de Raúl, quando sofreram um tento no minuto final e deram adeus à copa nacional na terceira fase, pelo critério do gol qualificado.

Uma das derrotas mais lembradas da história do Real Madrid aconteceu na temporada seguinte (2009-10). O Alcorconazo, como se tornou conhecida a eliminação dos blancos frente ao Alcorcón, se deu na terceira fase daquela edição da Copa do Rei. Abrindo uma vantagem de três gols antes do intervalo, os Alfareros acabaram vencendo a partida de ida, em casa, com um sonoro 4 a 0. Os madridistas até conseguiram vencer por 1 a 0 na volta, no Santiago Bernabéu, mas o resultado foi insuficiente para evitar a queda mais marcante da história recente do clube.

Desde então, o Madrid só havia voltado a ser eliminado da Copa do Rei por uma equipe da Segunda B na temporada 2015-16. O time da capital espanhola venceu o Cádiz por 3 a 1, fora de casa, mas foi eliminado no tribunal, já que havia escalado irregularmente o meia russo Denis Cheryshev. A confusão administrativa acabou sendo decisiva para a queda do técnico Rafa Benítez, que acabou sendo substituído pela então 'aposta' Zinedine Zidane.

*Apesar de o século ter começado em 2001 e a derrota para Toledo ter ocorrido em dezembro em 2000, a final do torneio foi realizada em junho de 2001 e, por isso, a temporada foi levada em conta no levantamento.

Futebol