PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Danilo diz o que Abel Ferreira pede aos garotos da base do Palmeiras

Danilo, meio-campista do Palmeiras, durante entrevista coletiva - Cesar Greco
Danilo, meio-campista do Palmeiras, durante entrevista coletiva Imagem: Cesar Greco

Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 11h40

Classificação e Jogos

Promovido neste ano ao time profissional, Danilo concedeu hoje (30) sua primeira entrevista coletiva no Palmeiras. Com um sorriso nervoso, o meio-campista de 19 anos de idade falou bastante sobre a convivência com o técnico Abel Ferreira, que completa um mês à frente da equipe na quarta (2).

Conhecido pelo bom trabalho na formação de atletas, o português pede para seus atletas um desempenho nos treinos tão intenso quanto nas partidas.

"Matando um leão a cada dia e a cada jogo. Ele (Abel) sempre pede para darmos nosso máximo, porque depois dos 90 (minutos) vamos ser recompensados", contou Danilo.

"São bons treinos e bastante intensos. A intensidade que ele pede no treino é a mesma que pede no jogo. Ele sempre pede 100% (no dia a dia) para nos jogos darmos o máximo para sairmos com a vitória", acrescentou.

Danilo atuou em 16 das últimas 23 partidas do Palmeiras, sendo titular em cinco delas. Com boa qualidade na saída de bola, o garoto diz que prefere atuar como primeiro meio-campista, posição em que o Verdão perdeu Felipe Melo, lesionado, e Ramires, que rescindiu o contrato. Sem eles, Abel deve dar ainda mais chances ao camisa 28.

"Eu me sinto mais à vontade como 5 mesmo. O Palmeiras é gigante, em todas as posições terá briga acirrada. Quem decide é o professor Abel e a comissão dele", acrescentou, antes de elogiar Ramires.

"Ele me ajudou bastante, como a todos os moleques da base. Foi triste para o elenco, um cara reconhecido no mundo, campeão da Champions League, duas Copas do Mundo. Foi um baque muito grande, mas foi muito importante conhecer ele. Gente boa, amigo e me deu conselhos para eu evoluir", concluiu.

Palmeiras