PUBLICIDADE
Topo

Santos

Bastidores do Santos: Covid-19 forçou promoção até de equipe médica da base

Ricardo Galotti, coordenador médico do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Ricardo Galotti, coordenador médico do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

25/11/2020 11h12

O surto de Covid-19 dentro do Santos afastou até parte da comissão médica da equipe profissional e, a exemplo do que foi feito com elenco, o Peixe precisou promover os profissionais das categorias de base, inclusive para a viagem ao Equador para enfrentar a LDU pela Libertadores.

O clube costumava levar o enfermeiro Gustavo Calixto para as viagens internacionais, de maneira a deixar o protocolo contra a Covid-19 ainda mais rigoroso, mas ele foi um dos infectados no surto e não esteve em Quito.

Célio Santos, fisioterapeuta, e Guilherme Scarassati, fisiologista, subiram das categorias de base para formar a comissão médica ao lado do doutor Fábio Novi. O Peixe foi e voltou do Equador em voo fretado na mesma aeronave, que ficou de domingo até terça-feira aguardando a equipe santista em Quito.

Santos