PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Allan, Everton Ribeiro e Gabriel Jesus ganham vagas em seleção desfalcada

Seleção terá quatro mudanças em relação à última escalação; Alisson volta ao gol - Lucas Figueiredo/CBF
Seleção terá quatro mudanças em relação à última escalação; Alisson volta ao gol Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

11/11/2020 17h35

Classificação e Jogos

O terceiro treino preparatório da seleção brasileira para enfrentar a Venezuela na próxima sexta-feira, às 21h30, no Morumbi, pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, aconteceu hoje (11), na Granja Comary, e indicou Allan, Everton Ribeiro e Gabriel Jesus como titulares diante dos desfalques de Casemiro, diagnosticado com Covid-19, e os lesionados Philippe Coutinho e Neymar.

Além destas três mudanças, a seleção também apresenta uma novidade no gol: recuperado de um problema no ombro, Alisson reassume a titularidade na vaga de Weverton. O restante do time é o mesmo que venceu o Peru em outubro, na segunda rodada da competição.

Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Allan e Douglas Luiz; Gabriel Jesus, Everton Ribeiro e Richarlison; Roberto Firmino é a provável escalação.

O posicionamento dos quatro homens mais ofensivos é um dos mistérios da seleção. Como não foi possível para a imprensa acompanhar o treinamento in loco por causa de protocolos de segurança contra o coronavírus e CBF TV forneceu imagens com a câmera mais fechada, é impossível determinar a área de ação de cada um no campo. O mais provável é que Jesus ocupe a ponta direita, com Everton Ribeiro centralizado e Richarlison e Firmino revezando-se entre a função de centroavante e ponta esquerda.

Hoje, Tite orientou um aquecimento e logo depois um treino tático sem adversário, para definir movimentações e estilo de jogo de acordo com o adversário - esta parte não foi exibida na transmissão do YouTube. Depois houve um trabalho específico focado no pós-perda de bola em que os jogadores tinham cinco segundos para fazer o desarme. O trabalho se chama "Rec 5" e foi disputado dez contra dez jogadores. Ainda houve tempo para um trabalho de bolas paradas, novamente fechado para a imprensa.

Os reservas foram escalados assim no Rec 5: Ederson; Gabriel Menino, Felipe, Diego Carlos e Alex Telles; Bruno Guimarães e Arthur; Vini Júnior, Lucas Paquetá e Éverton Cebolinha; Pedro. Weverton, o terceiro goleiro, trabalhou com o preparador Taffarel. Já Neymar, em tratamento de uma lesão na coxa esquerda, só deve ficar à disposição na terça-feira, contra o Uruguai.

A seleção ainda treina mais uma vez antes de viajar para São Paulo, de onde deixa o hotel somente duas horas antes de a bola rolar no Morumbi.

Futebol