PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sampaoli aponta craque de Guardiola como modelo para Nathan no Atlético-MG

Nathan aponta Kevin De Bruyne, craque do Manchester City, como espelho no Atlético-MG - Bruno Cantini/Atlético-MG
Nathan aponta Kevin De Bruyne, craque do Manchester City, como espelho no Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

19/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

Jorge Sampaoli pede a Nathan que estude e replique no Atlético-MG os movimentos feitos por Kevin De Bruyne no Manchester City, de Pep Guardiola. O argentino mostrou vídeos do meio-campista belga ao seu comandado a fim de que ele emule o comportamento nos jogos do time mineiro no Campeonato Brasileiro 2020.

Os movimentos do craque do futebol inglês, como a infiltração na defesa adversária, a busca do jogo entre as linhas de marcação do oponente e as finalizações de longa distância, são replicados por Nathan com as cores do Galo.

"Logo que ele chegou, ele me mostrou muitos vídeos dentro de campo, como ele queria que eu fizesse. Ele mostrou como o De Bruyne joga, com bolas infiltradas na frente da zaga, bolas chegando para bater. Nosso time tem grandes jogadores sim, o time conseguiu se manter", disse o jogador de 24 anos.

"Ali, eu pego mais os vídeos do De Bruyne mesmo, porque foi a referência que ele me passou, com o estilo que ele gosta de jogar, passe entre as linhas, domínio girando e infiltrações. Eu sou um jogador que gosto de me manter entre as linhas, que gosto de fazer infiltrações. O De Bruyne é o jogador que mais acompanho agora. A gente se espelha em jogadores que fazem funções parecidas, e ele joga na função que eu faço", acrescentou.

O pedido de Jorge Sampaoli tem surtido efeito. Nathan vive seu melhor momento no Brasil desde a chegada à Cidade do Galo, em julho de 2018. Presente em oito jogos da equipe sob a batuta do argentino, o meio-campista fez quatro gols e deu três assistências.

Recém-recuperado de lesão na coxa esquerda, o atleta celebra o momento com a camisa do Galo sob o comando de Sampaoli: "Eu fico muito feliz com meu desempenho na era Sampaoli. Eu, infelizmente, tive a lesão, mas me foquei ao máximo para me recuperar o mais rápido possível. Agradeço a todos que estavam envolvidos na minha lesão, médicos e fisioterapeuta. É voltar a ter ritmo de jogo. Se Deus quiser, depois de pegar alguns minutos, quero desempenhar um bom papel".

Atlético-MG