PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-Palmeiras e Botafogo, lateral Lucas anuncia aposentadoria aos 32 anos

Último clube do lateral Lucas, que também jogou por Fluminense e Cruzeiro, foi o Figueirense - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Último clube do lateral Lucas, que também jogou por Fluminense e Cruzeiro, foi o Figueirense Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

16/09/2020 12h44

O lateral Lucas Marques, ex-Palmeiras e Botafogo, anunciou hoje, por meio de nota, a sua aposentadoria do futebol aos 32 anos após oficializar sua saída do Figueirense.

No fim de agosto, Lucas pediu para rescindir seu contrato com o Figueirense, que está imerso em uma crise e que teve seu estádio invadido por torcedores no começo do mês. Na nota, o atleta criticou a diretoria do clube por "falta de respeito e sinceridade" com os jogadores.

"Não é novidade para ninguém que o Figueirense atravessa um momento conturbado, principalmente fora de campo. Mas nós, jogadores, que vivemos o dia a dia, sentimos na pele a falta de respeito e sinceridade para conosco", disse.

"A minha vida sempre foi baseada no trabalho e na honestidade, e continuará assim. Por isso, pedi o desligamento do clube, que foi aceito pela diretoria. Minha intenção não é causar tumulto", acrescentou. O UOL busca o lado do Figueirense sobre as declarações.

Revelado pelo Figueirense em 2007, Lucas ficou no clube catarinense até 2010, quando foi vendido ao Botafogo. No clube carioca, que defendeu até 2014, chegou a ser convocado para a seleção brasileira para amistosos contra a Argentina em 2012.

Em 2015, desembarcou em São Paulo para defender o Palmeiras, clube em que conquistou a Copa do Brasil no mesmo ano.

A partir de 2016, passou a ser emprestado para diversos clubes pelo Palmeiras. Seu primeiro destino foi o Cruzeiro. Em seguida, jogou pelo Fluminense (2017), pelo Vitória (2018) e pelo Botafogo-SP (2019) antes de chegar, em definitivo, novamente ao Figueirense em 2020.

"Os sonhos que tinha e tudo que desejei no futebol eu conquistei. Um deles era encerrar a carreira no Figueirense. E, para finalizar, um agradecimento especial ao meu pai, Maurílio, meu grande incentivador. Agora, vou me dedicar aos estudos e ficar mais próximo da minha família", disse o jogador.

Futebol