PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu vê brilho de Muriel, não leva gols após 8 jogos e tem 1ª vitória fora

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/08/2020 04h00

O Fluminense precisava ajustar seus sistema defensivo, que vinha levando muitos gols. Pois coube a Muriel ter uma grande atuação, realizar pelo menos duas grandes defesas e garantir a vitória. Contra o Athletico, o time teve atuação segura, triunfou por 1 a 0 e conquistou os primeiros três pontos longe do Rio de Janeiro. Mais que isso. O Tricolor voltou a terminar os 90min sem ser vazado pelo adversário após oito jogos.

É que a última vez que o Fluminense havia deixado o gramado sem levar gols havia ocorrido contra o Botafogo na semifinal da Taça Rio, quando o Tricolor avançou à final após empate. Desde então o Tricolor havia levado pelo menos um gol de Flamengo (três vezes), Grêmio, Palmeiras, Internacional e RB Bragantino.

Curiosamente a marca foi conquistada com a defesa reserva. Matheus Ferraz ainda se recupera de lesão na coxa e Nino foi poupado pela sequência de jogos. Digão e Luccas Claro, no entanto, fizeram partida segura.

Nada disso teria acontecido, no entanto, se Muriel, que mostrou estar recuperado de um início de temporada ruim, não estivesse em uma tarde iluminada. Pouco exigido durante todo o jogo, ele teve que agir para evitar gols de Geuvânio e Lucho Gonzalez já nos minutos finais.

"Conseguimos vitória importante e isso é fundamental, vencer fora de casa. Era para ter vindo antes, mas não aconteceu. A pontuação não refletia nosso desempenho contra os adversários. Então isso mostra a importância dessa vitória. Atuação de grupo, que consegue fazer campeonato forte e ter resposta positiva. Vamos seguir, aconteceu hoje e vão acontecer outras vezes se tiver repetições de jogos", disse o técnico Odair Hellmann.

Para a próxima partida, é bem provável que Digão volte para o banco de reservas e a dupla de zaga seja formada por Luccas Claro e Nino, de volta ao time titular após ser preservado. Outro titular poupado foi Igor Julião, que vinha sendo bastante questionado.

Com a atuação segura de Calegari, que realizou três desarmes e duas interceptações, é real a possibilidade de haver uma troca na posição. A consistência defensiva poderá ser decisiva na decisão do treinador do Fluminense.

Com o resultado, o Fluminense pulou para a 6ª posição com sete pontos. O Tricolor volta a campo na terça-feira, quando receberá o Figueirense pela Copa do Brasil - os cariocas perderam por 1 a 0, em Santa Catarina.

Fluminense