PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Novo titular do Fluminense, Julião busca sequência e afastar desconfiança

Igor Julião tem sido o novo titular da lateral direita do Flu, após saída de Gilberto - Lucas Merçon/Fluminense FC
Igor Julião tem sido o novo titular da lateral direita do Flu, após saída de Gilberto Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

15/08/2020 04h00

Com a saída de Gilberto, vendido ao Benfica, Igor Julião tem sido o novo titular na lateral direita do Fluminense. Cria da base do Tricolor, o atleta de 25 anos tem a oportunidade de ter uma sequência que não conseguiu em temporadas anteriores e, talvez, vencer a desconfiança da torcida. Enquanto isso, a diretoria adota cautela na busca por um nome para repor a vaga deixada pelo camisa 2 que foi para o futebol português.

Até aqui, a cúpula tem convivido com nomes oferecidos e análises de alternativas mapeadas no mercado da bola. Porém, há o entendimento de que a atual situação financeira exige calma na busca por reforços para o elenco e assim vem sendo feito.

"Não costumamos falar publicamente sobre isso. Muitos nomes são oferecidos e outros já temos monitorados. Não há negociação em curso para substituir o Gilberto. Alguns jogadores foram oferecidos e outros estamos analisando. Sobre possibilidade de vinda, tem que se encaixar no orçamento", disse o presidente Mário Bittencourt, em recente entrevista.

Enquanto essa procura não avança, Igor Julião, então reserva imediato de Gilberto, vem sendo o dono da posição — foi assim contra o Grêmio e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro.

No Tricolor desde o sub-13, o lateral conviveu com alguns empréstimos na chegada ao profissional, tendo atuado pelo Sporting KC, dos Estados Unidos, ABC, Macaé, Ferroviária e STK Samorin, da Eslováquia, que pertencia a um projeto do próprio Flu.

Em 2018, o jogador retornou às Laranjeiras e, diferentemente de ocasiões anteriores, permaneceu no elenco e foi utilizado. Nestes anos, sempre teve a companhia de Gilberto, com quem construiu uma amizade, apesar da disputa pela vaga na equipe.

Ano passado foi o que Julião mais atuou, com 23 participações, sendo 13 como titular. Em 2020, esteve em sete partidas — quatro no Carioca, uma na Copa do Brasil e duas no Brasileiro —, sendo cinco em campo desde o apito inicial.

Além de se firmar no time e chegar a números ainda inéditos, Julião busca também romper a desconfiança da torcida tricolor, onde não é unanimidade. Em meio às críticas ele, inclusive, foi "vítima" de memes nas redes sociais nos últimos dias, com torcedores indicando uma possível transferência para o Flamengo, que perdeu Rafinha para o Olympiacos, da Grécia.

Briga aberta para chance no elenco

Após o adeus de Gilberto, o Fluminense viu abrir uma briga por uma chance para ocupar a lacuna no elenco. Entre o elenco sub-23 e sub-20, há algumas opções. Calegari, de 18 anos, que se destacou em um dos amistosos com o Botafogo, surge como uma delas. Wisney, de 21 anos, Daniel Lima, também de 21, Diogo, de 22, e Guilherme, de 20, são alguns nomes que podem ganhar oportunidade no grupo principal.

Fluminense