PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Benfica dá ok após contra-proposta, e Flu venderá Gilberto por R$ 18,9 mi

Gilberto deixará o Fluminense rumo ao Benfica de Jorge Jesus - Thiago Ribeiro/AGIF
Gilberto deixará o Fluminense rumo ao Benfica de Jorge Jesus Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/08/2020 14h23

Classificação e Jogos

O Fluminense encaminhou nesta terça-feira a venda do lateral-direito Gilberto ao Benfica, de Portugal. Pedido do novo técnico Jorge Jesus, ex-Flamengo, o jogador assinará contrato de cinco anos com o clube português, que pagará 3 milhões de euros (R$ 18,9 milhões) pelo negócio.

A informação do acerto foi primeiro veiculada pelo jornal português "Correio da Manhã" e confirmada pelo UOL Esporte. As sondagens começaram há algumas semanas e viraram uma proposta oficial ao Flu, que fez uma contra-proposta às Águias com um valor um pouco maior, já que detém 50% dos direitos econômicos do atleta.

O Tricolor receberá cerca de R$ 9,5 milhões pela transferência, e o jogador de 27 anos irá para Portugal nos próximos dias para realizar exames médicos e assinar seu vínculo.

Gilberto será o primeiro reforço da nova "Era Jesus" no Benfica. Em seus tempos de rival do Tricolor, Mister já havia elogiado o lateral em diversas oportunidades. Na última série de três Fla-Flus, chegou a sondá-lo dentro de campo, oferecendo um salário maior e em dia para que o jogador de 27 anos trocasse as Laranjeiras pela Gávea. Ao voltar à Portugal, o treinador manteve o desejo e o indicou aos encarnados.

Após o segundo jogo da decisão do Carioca, inclusive, Jesus foi até o lateral-direito, que deixou a partida no segundo tempo com dores, e perguntou-lhe sobre seu estado físico. Ao saber que estava tudo bem e se tratava apenas de fadiga muscular, o técnico lhe deu um afago e parabenizou pela intensidade nos jogos. Afirmou, mais uma vez, que gostaria de treiná-lo no futuro.

Depois de ser contratado por empréstimo junto à Fiorentina, em 2018, Gilberto disputou 104 jogos e marcou 11 gols pelo Fluminense, ambos números mais altos do jogador em todos os clubes que passou. Identificado com o Tricolor, o jogador afirmou para pessoas próximas nos últimos meses que só deixaria o Rio de Janeiro se o negócio, além de ser uma boa situação para a sua carreira, também ajudasse o clube.

Identificado, Gilberto era um dos jogadores mais queridos no elenco do Fluminense - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C. - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Identificado, Gilberto era um dos jogadores mais queridos no elenco do Fluminense
Imagem: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Procurado pela reportagem, o empresário do atleta, Allan Espinoza, não atendeu as ligações. No fim de julho, o agente informou que não comentaria o assunto antes de conversar com o Flu. Além do Benfica, outras equipes do futebol europeu fizeram sondagens ao estafe do jogador, mas não chegaram a contactar o clube.

Em dezembro de 2019, quando se encerrava a cessão temporária de Gilberto, o Tricolor, em negociação tocada pelo diretor-executivo Paulo Angioni, acertou a compra de 50% dos direitos econômicos do lateral-direito por 80 mil euros (R$ 360 mil, na época).

Este valor foi abatido de parcelas da venda de Pedro à Fiorentina, também detentora dos direitos do defensor. Nove meses depois, Gilberto deixará o clube por um valor quase 19 vezes maior.

Agora, o técnico Odair Hellmann terá Igor Julião e o jovem Calegari — que é volante de origem — como principais opções para a posição. Além deles, o Flu pode improvisar Hudson e conta também com Daniel Lima, Diogo, Wisney e Guilherme, jogadores que integram o elenco sub-23.

Fluminense