PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras tem a revelação do Paulista; qual será o próximo jovem a brilhar?

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 04h00Atualizada em 11/08/2020 15h03

Classificação e Jogos

Estrela na final, Patrick de Paula foi eleito a revelação do Campeonato Paulista. Diferentemente dos últimos anos, o Palmeiras teve na campanha vencedora o uso maior das categorias de base — o premiado camisa 5 e Gabriel Menino foram os que somaram mais minutos. Não são, contudo, os únicos no grupo de Vanderlei Luxemburgo, reforçado hoje (11) pelo zagueiro Henri, de 18 anos de idade.

Gabriel Veron era o garoto mais badalado da atual leva, mas se machucou e perdeu espaço. Quando tiver condições, ele pode se aproveitar do calendário mais apertado. Diante dos quatro meses sem jogos pela pandemia do coronavírus, a agenda será apertada com duelos do Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

Ontem (10), Luxa disse que outros meninos "com certeza" terão oportunidade nesta temporada. O presidente Maurício Galiotte também avisa que só tratará reforços em alguma oportunidade pontual. O UOL Esporte, portanto, lista abaixo quem são os garotos mais próximos de jogar em 2020.

Jogadores da base do Palmeiras - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Em pé: Mateus Oliveira, o diretor da base João Paulo Sampaio, Wesley, Lucas Lima, Veron e Gabriel Silva; abaixados: Luan Silva, Patrick de Paula, Angulo, Esteves, Gabriel Menino e Alan

ESTEVES (lateral esquerdo)

Foi promovido no início do ano, mas não tem nenhuma partida disputada. O lateral esquerdo de 20 anos chegou a ser a quarta opção no setor, antes da saída de Victor Luis. Atrás de Viña e Diogo Barbosa, o garoto tem apenas uma partida pelo profissional, realizada em 2019. Só ele e o terceiro goleiro Vinicius Silvestre estão zerados em 2020.

ALAN (meia)

O meia de 1,65 m é o que gera mais expectativa na torcida palmeirense. Considerado muito talentoso, o jovem de 20 anos vive situação parecida com a de Esteves: não fez partidas oficiais. O armador entrou apenas no segundo tempo dos dois jogos na Florida Cup e deixou boa impressão. Luxemburgo, porém, tem jogado sem um armador e ainda conta com Raphael Veiga, Lucas Lima e Gustavo Scarpa.

ANGULO (atacante)

O atacante colombiano iria jogar a temporada emprestado ao Cruzeiro, mas teve seu retorno pedido pelo Palmeiras, depois da saída de Dudu e a lesão de Gabriel Veron. Ele fez a estreia no segundo tempo da primeira final, na Arena Corinthians, e é uma das opções de velocidade pelos lados do campo, assim como Rony, e Wesley e o próprio Veron.

WESLEY (atacante)

Regressando após o empréstimo ao Vitória na temporada passada, o atacante de 21 anos começou a temporada jogando, e bem. Mas perdeu espaço e, neste momento, tem apenas cinco jogos disputados. Nas últimas partidas, nem vinha sendo relacionado por opção de Luxemburgo.

GABRIEL SILVA (atacante)

Aos 18 anos, Gabriel Silva começou a chamar a atenção no ano passado com Veron e teve uma ascensão rápida: passou do sub-17 ao sub-20 ao fim do ano, fez gols em decisões nas duas categorias, e foi promovido por Luxemburgo pós-pandemia. Goleador, o jovem ficou no banco de reservas, inclusive na final do Paulista, e ainda vive a expectativa pela estreia.

GRUPO DE APOIO TEM PROMOÇÃO

Além dos jovens promessas que fazem parte do atual elenco, há um grupo de atletas do sub-20 que completam treinos com frequência no profissional e sonham com uma brecha ao longo do ano. São eles: o goleiro Mateus Oliveira, o zagueiro Henri, o lateral esquerdo Ramiro, os meias Erick Pluas e Jean Carlos Quiñonez e o atacante Valdenilson. Gabriel Silva era deste grupo e agradou. Na manhã de hoje, Henri teve a promoção anunciada pelo clube. Ele ficará trabalhando com o profissional para ganhar experiência e aguarda uma oportunidade.

Palmeiras