PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Felipe Melo trata 'marcas da guerra', e Palmeiras promove zagueiro da base

Henri, zagueiro do sub-20, foi promovido ao profissional - Cesar Greco
Henri, zagueiro do sub-20, foi promovido ao profissional Imagem: Cesar Greco

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 14h50

Classificação e Jogos

Depois de um tratamento intensivo para jogar a segunda final do Campeonato Paulista, Felipe Melo diz estar agora com as "marcas da guerra" no Palmeiras. O zagueiro havia sofrido uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda e trabalhou em três períodos para atuar no Dérbi do Allianz Parque. Ele ficará novamente fora para se recuperar totalmente, e enquanto isso o Verdão promoveu o zagueiro Henri, do sub-20.

"Eu fiz um propósito com Deus. Tratei de manhã, de tarde, de noite, de madrugada, voltando do treino no carro. Muito mérito de toda a parte médica do Palmeiras, fisioterapeutas, massagistas. Eu abri a perna em 2cm, era muito difícil eu jogar (no sábado). Paguei um alto preço, senti dor no começo, mas tenho de agradecer que Deus tirou a dor totalmente. Não tem jeito, estou pagando o preço agora, as marcas pós-guerra, mas vou continuar tratando para em breve estar de volta ajudando", disse, ao Sportv.

O camisa 30 não esteve no gramado no treinamento de hoje (11) de manhã, e desfalque o Palmeiras contra o Fluminense, amanhã (12), às 21h30, no Maracanã. Até pelo desgaste da final do Campeonato Paulista, sábado, o trabalho foi apenas técnico, com parte do grupo ainda tendo de realizar uma atividade de fortalecimento muscular.

Além de Felipe Melo, Luan Silva e Gabriel Veron estão em transição entre a parte física e técnica e também não trabalharam com o grupo mais cedo. Enquanto isso, Henri foi a novidade. Aos 18 anos de idade, o zagueiro do time sub-20 é considerado um dos garotos mais promissores e agora está integrado ao elenco para ganhar experiência.

Ele vinha completando atividades com o grupo de apoio de jovens, mas agradou à comissão técnica e fica à disposição, com Gustavo Gómez, Luan, Vitor Hugo, Emerson Santos, além do próprio Felipe, quando estiver liberado.

Palmeiras